Dan Cohen, fundador & CEO da F(x). Foto: Divulgação.

A fintech F(x), plataforma de busca por crédito para médias e grandes empresas, receberá um aporte de capital, que poderá chegar a R$ 10 milhões, da e.Bricks. 

A gestora de venture capital já realizou mais de 20 investimentos no Brasil e América Latina. 

De acordo com o Estadão, o foco de aplicação dos recursos será na ampliação do portfólio e base de clientes da F(x).

No ano passado, a fintech alcançou R$ 593 milhões em propostas de financiamento e somou mais de 150 usuários financiadores.

A plataforma da F(x), criada em 2015, permite que empresas descrevam a necessidade de capital e as garantias de que dispõem. Depois, elas podem receber propostas dos financiadores cadastrados, como bancos pequenos e médios, fundos de investimento e financeiras.

Com algoritmos e inteligência artificial, a ferramenta cruza dezenas de dados e faz o "match" entre empresários e financiadores.

O e.Bricks Ventures, fundo controlado pelas famílias Sirotsky, da RBS, e Szajman, do Grupo VR, anunciou em 2016 um novo fundo com recursos totais de R$ 300 milhões.

O primeiro fundo da e.Bricks Ventures, de R$ 100 milhões, foi lançado no fim de 2013 e fez investimentos em 16 empresas.