Sede da Procempa em Porto Alegre.

A CPI da Procempa pedirá o indiciamento de oito funcionários da estatal municipal de processamento de dados ao Ministério Público, incluindo André Imar Kulczynski, ex-presidente da empresa.

Também estão na lista Giorgia Pires Ferreira, ex-diretora administrativa, Ayrton Gomes Fernandes, ex-diretor financeiro, e Lafaiete Everardi dos Santos, ex-diretor de operações e ex-diretor financeiro da Associação dos Funcionários.

Completam a relação outros funcionários de menor escalão, como o ex-gerente de logística Matusalem Alves, a ex-CC Adriana Boniatti, o ex-contador Paulo Majolo e Cesar Pronckzak, ex-funcionário.

Os indiciamentos propostos devem incluir ainda fornecedores de serviço como João Pilla Dias, da Pillatel, Alcides Monteiro de Guimarães, da AMG Marcenaria, José Dilamar Lagranho, da Gregory e Lagranho e os microempresários Moiara Vieira da Cruz e Cielito Rebelato Júnior. 

O relatório tem 231 páginas e será votado na próxima segunda-feira, 31, na Câmara de Vereadores pelos integrantes da comissão responsável pela CPI, instalada em setembro.

O vereador Nereu D'Ávila (PDT), autor do documento de 231 páginas, propôs ainda o aprofundamento das investigações, pelo Ministério Público, em relação a outras três pessoas e a duas empresas.

Segundo fontes do legislativo municipal ouvidos pela reportagem do Baguete, tudo indica que o relatório será aprovado.

Apesar do número de denunciados, o relatório seria conveniente para a base aliada do governo, maioria na CPI, uma vez que os indiciados já estão todos fora da Procempa.

A sangria na empresa foi grande: ao todo, foram afastados até setembro do ano passado 63 pessoas incluindo funcionários efetivos, cargos em comissão, estagiários e terceirizados.

Caso o MP decida por investigar, os indiciados responderiam por crimes como peculato, duplicata simulada, prevaricação, falsificação de documento público, advocacia administrativa, estelionato e falsidade ideológica.

Também podem responder por improbidade administrativa e fraude à licitação.