FONES

HP compra Poly por US$ 3,3 bilhões

28/03/2022 13:40

Compra reforça o portfólio da HP para trabalho híbrido.

Plantronics era conhecida por seus fones de ouvido. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A HP Inc comprou a fabricante de equipamentos de áudio e vídeo Poly por US$ 3,3 bilhões.

Do valor, US$ 1,7 bilhões foram pagos pelo controle da empresa e os US$ 1,6 bilhão restantes foram na forma de dívidas assumidas pela HP.

A intenção da HP é tirar uma casquinha do crescimento da demanda pelos produtos que a Poly oferece, devido à alta dos modelos híbridos de trabalho, nos quais videoconferência se torna mais importante.

É uma aposta na mesma linha da Salesforce, que pagou US$ 27,7 bilhões pelo Slack, uma solução popular de comunicação entre equipes.

A história na Poly começa ainda nos anos 60, quando a empresa, então conhecida como Platronics, desenvolveu fones de ouvido com microfone embutido pioneiros para pilotos de avião.

O produto seguiu sendo o carro chefe da empresa por muitos anos, com novidades como modelos sem fio desde os anos 80.

A Plantronics foi também uma das primeiras empresas a apostar no Bluetooh.

A empresa, no entanto, nunca teve o sucesso junto ao consumidor final de marcas como Apple, Bose ou Sony, ficando restrita ao mundo corporativo.

Em 2018, a empresa comprou a Polycom, em um negócio de US$ 2 bilhões que agregou produtos de vídeo e áudio, visando reforçar a presença no corporativo. No ano seguinte, a empresa adotou o nome Poly.

A crise do coronavírus seria uma grande oportunidade para a Poly, como foi para os fabricantes de equipamentos como a HP.

Mas, segundo revela a Bloomberg, a companhia teve problemas para conseguir componentes, em meio aos problemas mundiais de abastecimento na cadeia de eletrônicos.

Veja também

TRABALHISTA
Governo publica novas regras para o home office

Medida Provisória inclui aspectos como trabalho híbrido, tipos de contrato e benefícios.

BOOM
Positivo tem crescimento histórico

Alta de 54% no faturamento é algo que não se via há 15 anos na empresa.

VOLTA
Google: três dias no escritório

Gigante de tecnologia prepara retorno aos velhos tempos nos EUA.

COMBINAÇÃO
Fundo compra Citrix por US$ 16,5 bi

Empresa vai ser fundida com a Tibco, outra companhia tradicional da TI.

CHAMADAS
Generali faz atendimento com Genesys

Solução roda na nuvem e foi implementada na seguradora pela Embratel.

MUDANÇAS
Como fazer o home office durar?

Slack e NTT colocam em prática medidas visando o trabalho em casa a longo prazo.