O Grupo Cortel tem 8 empreendimentos no Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Amazonas. Foto: Divulgação.

O Grupo Cortel, líder do segmento de cemitérios e crematórios do Brasil, acaba de contratar o sistema de gestão da Cigam. O projeto está em fase de desenvolvimento e tem implantação prevista para novembro de 2016. 

Para atender ao nicho muito específico de atuação do grupo, a Cigam está desenvolvendo funcionalidades exclusivamente para as demandas da Cortel. 

Com mais de 50 anos de mercado e 470 funcionários distribuídos em 8 empreendimentos no Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Amazonas, o Grupo Cortel precisava de um software de gestão integrado com back-office e front-office.

Segundo a empresa, as soluções de mercado não atendiam a suas necessidades específicas, especialmente em relação a melhorias na controladoria e business inteligence.

“Este projeto é um dos pilares para garantir a continuidade do sucesso da nova estratégia de tecnologia adotada pelo Grupo Cortel desde 2014. Em uma ação tão importante quanta esta, tivemos um longo processo começando com um RFI, passando por uma RFP e Prova de Conceito, onde todas as áreas puderam participar, avaliar e decidir de maneira conjunta”, afirma o  CIO da empresa, Jean Xavier.

As novas funcionalidades incluem o “atendimento imediato” (quando a família faz contato com a Cortel para contratar serviços e encaminhar o sepultamento ou cremação de forma imediata) e “venda previdenciária” (quando a família faz contato para aquisição de serviços de forma antecipada, programando-se para eventos futuros). 

Os novos recursos ainda auxiliam no gerenciamento financeiro, CRM de vendas, CRM de cobrança e na administração de contratos. 

Além disso, realiza o gerenciamento de alocação de pessoas e recursos dos empreendimentos, que gera automaticamente ordens de serviços e faz o controle de locação de salas, capelas, recursos materiais, equipe de serviços para preparação das salas para os atendimentos imediatos e para o acolhimento das famílias.

“Os diferenciais destas funcionalidades certamente estarão concentrados nas novas interfaces, as quais devem promover mais agilidade de processo, telas amigáveis para os usuários e simplicidade na utilização, sem deixar de atender à segurança e integridade dos dados e processos internos da empresa”, destaca o gerente de Projetos da Rede Cigam, Vagner Luis da Silva

O grupo Cortel, que atua no ramo de cemitérios desde a década de 1970, tem investido em tecnologia para incrementar sua operação.

No final de 2014, a empresa lançou um aplicativo que utiliza a tecnologia de geolocalização para facilitar a tarefa de encontrar jazigos nos cemitérios. O aplicativo foi desenvolvido pela Kyryon, instalada no Tecnosinos. 

Além disso, o grupo é responsável Unifuneral, ferramenta para comunicar falecimentos. Desenvolvido pela porto-alegrense Queen Mob, o app conta com três mensagens padrão, sobre falecimento, sepultamento e cremação ou velório. 

Já em 2015, o grupo Cortel foi o primeiro cliente da ferramenta 2bface, plataforma de reconhecimento facial da Ruá que funciona de forma integrada com câmeras de circuito fechado de TV (CFTV).

A Cigam, fornecedora de software de gestão empresarial sediada em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, encerrou o ano de 2014 com faturamento de R$ 53 milhões, uma expansão na casa dos 28% sobre o ano anterior e acima da meta de 22% inicialmente prevista.