Ricardo Barone, diretor executivo da GAS Tecnologia. Foto: Divulgação.

GAS Tecnologia, empresa voltada a prevenção e ao combate de fraudes cibernéticas, contratou Ricardo Barone como diretor executivo. A empresa faz parte do grupo da Diebold Brasil, empresa especializada em automação bancária, comercial e eleitoral.

Ricardo Barone assume o cargo em substituição a Hilton Junior.

Anteriormente, Barone foi vice-presidente de Serviços de TI da Sonda IT durante cinco anos, onde respondia pelas operações de outsourcing, service desk, field services, datacenter, GED, entre outras. 

Atuou como diretor de publicações, eventos e portais na IT Mídia, e no Grupo Abril como diretor de planejamento de TI, onde permaneceu por 6 anos. 

Foi também diretor de operações do braço digital e de soluções de TI voltadas para o segmento de mídia, e ainda tem passagens pelo Grupo Bunge e pelo Banco Itaú.

"Todo negócio vive momentos de inflexão. Chegou a hora de a GAS dar um novo salto de crescimento e inovação de forma sustentada no tempo. Nossa gestão privilegiará e fortalecerá as competências internas, criando oportunidades e horizontes dentro e fora do país", afirma Barone.

Atualmente, existem cerca de 40 milhões de usuários das soluções GAS no Brasil. Entre seus principais produtos para segurança lógica estão os módulos de segurança e prevenção à fraude dos bancos, que protegem as corporações  e seus correntistas que se utilizam do Internet Banking, seja de forma móvel ou não.

Formado em Administração de Empresas pela FGV-SP, Ricardo Barone tem  57 anos.

A Diebold possui cerca de 16 mil funcionários e está sediada em Ohio , nos Estados Unidos.

No Brasil, a Diebold conta com 3,2 mil colaboradores. 

A empresa fornece equipamentos para automação eleitoral, sendo responsável pela fabricação das urnas eletrônicas para as eleições de 1998, 2000, 2004, 2006, 2008, 2010, 2012 e 2014.

A GAS Tecnologia foi comprada pela Diebold no final de 2012.