Paulo Magnus. Foto: divulgação.

A Unimed Sorocaba adotou software da MV sistemas para fazer a gestão de seus planos de saúde.

Em nota, a MV informa que a decisão foi devida ao fato do sistema anterior ter sido “descontinuado pelo fornecedor”, sem dar maiores detalhes.

Segundo a reportagem do Baguete pode averiguar, no entanto, a Unimed Sorocaba implantou em 2004 um software para a mesma função da Informenge, uma companhia da mesma cidade no interior de São Paulo.

Na época, o produto era um líder no segmento Unimed, atendendo 24 unidades, entre elas a Unimed de São José do Rio Preto e de Vitória.

A Informenge foi adquirida pela Datasul em 2006 como parte da campanha da então fornecedora de software de Santa Catarina para avançar no segmento de saúde, no qual já havia adquirido no ano anterior a DZset, uma empresa de Caxias do Sul com forte presença em Unimeds.

A Datasul ainda compraria a Gens em 2007, antes de ser, ela mesma adquirida pela Totvs em um mega negócio em 2008.

A Totvs seguiu investindo no segmento de saúde, inclusive estruturando um centro no Tecnopuc, em Porto Alegre, focado no tema. 

De qualquer maneira, a MV já tinha como cliente o Hospital Dr. Miguel Soeiro, instituição com recursos e serviços próprios da Unimed Sorocaba e agora conseguiu abocanhar toda a organização.

A Unimed Sorocaba tem 72 mil beneficiários e 950 médicos cooperados.

A MV é hoje uma das maiores empresas de software para saúde no país com uma receita líquida de R$ 161 milhões no ano passado, uma alta de 20% frente a 2013. 

A meta para este ano é crescer novamente 20%, chegando a R$ 193 milhões.

Com mais de 800 clientes no Brasil, na África e na América Latina - entre hospitais, operadoras de planos de saúde e saúde pública – a MV conta com um total de 100 mil médicos e 250 mil profissionais usando as plataformas da empresa.