Jim Whitehurst, CEO da Red Hat. Foto: divulgação.

A Red Hat, multinacional de soluções de código aberto, anunciou um crescimento em seu primeiro trimestre do exercício fiscal de 2014, um crescimento de 15% em relação ao período no ano anterior.

A receita total do trimestre encerrado em 31 de maio foi de US$ 363 milhões. A receita de subscrição do trimestre subiu a US$ 316 milhões, ou seja, um aumento de 16% em comparação ao primeiro período do ano fiscal de 2013.

Para Jim Whitehurst, presidente e diretor geral da Red Hat, o primeiro trimestre mostrou-se um sólido começo, no qual tanto a receita como a rentabilidade ultrapassaram os valores máximos do prognóstico da companhia.

"Obtivemos um crescimento de dois dígitos da receita impulsionado pela demanda dos clientes de tecnologias de código aberto inovadoras baseadas em um modelo de subscrição de alto valor”, comentou.

Segundo o executivo, o plano é continuar o desenvolvimento da estratégia de expansão de mercados-alvo, apostando nos novos datacenters voltados à nuvem.

"Continuamos apostando em iniciativas de crescimento a longo prazo em relação à nuvem híbrida e aberta para lançar novas tecnologias”, completa Charlie Peters, vice-presidente executivo e CFO da Red Hat.