Rede Âncora é do ramo de autopeças.

A Rede Âncora Brasil, maior associação de comerciantes de autopeças do país, sediada em Curitiba, implementou um sistema de gestão da Benner

Com 750 lojas associadas e 16 centros de distribuição espalhados pelo país, a empresa atua na distribuição de produtos e serviços no mercado de reposição automotiva. 

O projeto, finalizado em junho de 2014, consumiu nove meses. São 1,8 mil usuários web e 250 usuários de back office.

“Quando implementamos uma solução de gestão inevitavelmente é preciso ficar um período sem emitir notas fiscais e, quando o sistema entra em operação, começa com uma produtividade mais baixa”, explica Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Rede Âncora Brasil, destacando que mesmo assim a empresa cresceu 12% no primeiro trimestre. 

Antes da implementação do ERP Benner os dados não eram acessados de forma consolidada. Cada um dos CDs contava com um sistema de gestão independente. Hoje é possível ter um panorama geral de cada unidade e a extração de dados ocorre em tempo real para planejamento. 

Outro aspecto importante e inovador diz respeito à segurança fiscal e tributária, pois o próprio sistema audita todas as informações quando inseridas.  

O próximo passo será a realização de treinamentos com os usuários, incluindo contadores, profissionais da área financeira, presidentes e gestores. 

Além disso, faz parte dos planos a implementação da solução Benner WMS (Sistema de Gestão de Armazéns), direcionada a operadores logísticos.

O mercado de peças movimenta cerca de R$ 60 bilhões por ano, entre fabricantes, distribuidores, varejo e oficinas, gerando mais de um milhão de empregos diretos. 

A frota automotiva brasileira corresponde a mais de 59 milhões de automóveis, e a reposição independente é responsável pela manutenção de aproximadamente 90% dos veículos em circulação.

A Benner, uma sobrevivente do processo de consolidações promovido no mercado de ERP brasileiro pela Totvs, afirma estar hoje entre os cinco maiores players do segmento no país.

Apesar de seguir de manter o produto independente no mercado, a Benner também reforçou sua musculatura por meio de uma joint venture em 2011 com parte do Grupo TBA, criando a Globalweb, que em seguida incorporou a Compusoftware, representante da Microsoft no Brasil.

Com faturamento anual na casa dos R$ 300 milhões, a GlobalWeb emprega 750 colaboradores e tem escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e EUA.

Quando da fusão, o grupo anunciou meta de faturar R$ 500 milhões até 2014, com taxa de crescimento anual de 25% a 28% e aquisições.