ECONOMIA

RNA: suporte do SAP ECC é com a Rimini

28/08/2020 10:03

Fabricante de molas quer cortar custos e optou por terceirizar o suporte do ERP.

Manutenção do ERP da SAP na RNA agora é com a Rimini. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

A Rassini NHK Automotive, um dos principais fabricantes de molas e peças automotivas no Brasil, migrou o suporte a suas aplicações SAP ECC 6.0 para a Rimini Street. 

Conhecida como RNA, a empresa é a maior fabricante de molas automotivas da América do Sul.

Com a desaceleração da indústria automotiva no Brasil, a empresa embarcou em uma ampla iniciativa de otimização de custos por toda a companhia.

“A mudança para a Rimini Street e a economia gerada como resultado nos ajudaram nesse momento de incerteza econômica em nível global”, disse Fernando José Andrade da Silva, CIO da Rassini NHK Automotive. 

De acordo com Silva, o suporte prestado pelo fabricante não era apenas caro, sem inovações relevantes ou melhorias importantes nas novas versões do produto para justificar os altos custos, mas também insatisfatório.

“O suporte fornecido pelo fabricante costumava ser lento  e, em um caso específico, levou dois meses para resolver um único problema de suporte. Com a Rimini Street, a qualidade do serviço e a assertividade dos engenheiros são superiores em comparação ao que vivíamos antes”, afirma Silva.

A nota da Rimini não chega a abrir valores ou um percentual, mas a companhia promete reduzir os custos de manutenção de aplicações de ERP em 50% com o seu suporte terceirizado.

Outra economia de custo é que os clientes podem manter os seus ERPs rodando por mais tempo, sem necessidade de fazer upgrades para novas versões, o que no caso da SAP, com o S/4 Hana, representa um custo alto.

O discurso da Rimini é que ERP é commodity e que as empresas devem focar seus investimentos em outras áreas.

No caso da RNA, o plano é apostar em aprimoramento do gerenciamento da produção com Internet das Coisas (IoT), manutenção preditiva de equipamentos, indústria 4.0 e automação de processos produtivos e administrativos. 

A Rimini está no Brasil desde 2011 e tem atualmente tem quase 100 clientes no Brasil, incluindo Algar Telecom S.A, Bombril, Cacau Show, CPFL Energia e Peixe Urbano.

Veja também

ESTRADA
BBM Logística adota S/4 Hana

Projeto com tecnologia da SAP liderado pela Cast tem intenção de facilitar fusões da empresa de transportes no futuro.

SAP
Rimini quer pedaço do mercado de AMS

Companhia passou a oferecer suporte de nível 2 e a atender aplicações como BI e GRC.

UPGRADE
ISG: SAP S/4 Hana anda devagar no Brasil

Clientes grandes acham que a SAP vai ampliar o prazo de suporte para as versões antigas.

NA MESMA
Rimini: cliente SAP não se convenceu com Hana

Apenas um terço dos pesquisados estão decididos a migrar, mesmo número de 2017.

MANUTENÇÃO
Ferroeste migra suporte SAP para Rimini

Custos do sistema da SAP chegaram a 22% do total de contratos de licença.

SUPORTE
Rimini fatura US$ 252,8 mi, alta de 19%

Modelo de negócio da empresa é ser uma pedra no sapato da SAP e Oracle.

ERP
Positivo: suporte Rimini para Oracle

A estratégia é utilizar o suporte terceirizado nos próximos cinco anos.

SUPORTE
Rimini assume S/4 na gigante mexicana Nadro

É o primeiro contrato de suporte na América Latina para a última versão do ERP da SAP.

PEÇAS
SAP e MarketUp têm acordo focado no B1

Vem aí mais uma tentativa da SAP de massificar o Business One. Agora vai?

CLIENTES
Omie: ERP de graça até dezembro

Companhia está preparada para deixar de ganhar R$ 12 milhões com a jogada.