Grupo é dono da FremantleMedia, criadora de formatos como O Aprendiz. Foto: Reprodução

A Bertelsmann, multinacional alemã de mídia, estuda novos investimentos diretos no Brasil. Em julho, o grupo abriu um escritório em São Paulo, o primeiro na região.

Conforme informações da Folha de S. Paulo, o responsável pelos negócios na América Latina, Fernando Carro, afirmou que o país "tem grande potencial, inúmeras oportunidades e é parte crucial na intenção de aumentar a velocidade de crescimento da empresa e torná-la mais digital e internacional".

Apesar de admitir que a empresa iniciou conversas com grupos de mídia do país e potenciais parceiros, o executivo ouvido pela Folha diz que não há pressa para iniciar os negócios, que devem ser executados dentro de 1 ano e meio.

Considerado o maior grupo de mídia da Europa, a Bertelsmann adquiriu participação no Monashees e Redpoint eVentures, fundos que investem em empresas de tecnologia.

Fundado em 1835 e com matriz na cidade de Gütersloh, o grupo é dono da European TV, da editora Random House e da FremantleMedia, criadora de formatos como O Aprendiz e Ídolos.

A companhia opera em 63 países e emprega mais de 75 mil trabalhadores.