Unidade do Crematório Vaticano. Foto: flickr.com/photos/koyothe.

O Crematório Vaticano, empresa com mais de 80 anos no ramo funerário no Paraná e Santa Catarina, está usando QR Codes como ferramenta para as famílias homenagearem os entes queridos que faleceram.

Os códigos, que são instalados nos espaços que abrigam as urnas de cinzas (chamados de lóculos no jargão da área) contam com mensagens e fotos que podem ser acessadas por celulares ou tablets, além de compartilhadas via Facebook ou Twitter.

"Fazemos entrevistas com os familiares e amigos para saber a história da pessoa e depois escrevemos os textos baseados nesses depoimentos. Além de textos, há espaço para fotos e vídeos”, detalha Lucas Gabriel Marins, diretor da Like Marketing Digital, responsável pelo desenvolvimento da tecnologia.

A novidade, inédita no país, mas que já é utilizada em funerárias nos Estados Unidos e na Europa, é resultado de um investimento de R$ 20 mil do crematório e o lançamento será em 2 de novembro, Dia de Finados.

A princípio, apenas os lóculos da Capela Vaticano, localizada na cidade de Curitiba, no Paraná, disponibilizarão a tecnologia. A previsão é de que o sistema seja implementado no Crematório de Balneário Camboriú, em Santa Catarina, até 2014.

“Sabemos o quanto as lembranças são importantes para os familiares e amigos, por isso decidimos investir nessa tecnologia e oferecer mais um benefício ao nosso cliente. Acreditamos que, além de uma linda homenagem, é um momento dos familiares reviverem as boas lembranças com a pessoa que deixa saudades”, explica a empresária Mylena Cooper, sócia do Crematório Vaticano.

MERCADO FUNERÁRIO
O uso de tecnologia está em alta entre as empresa do ramo funébre como um diferencial para atrair o público.

Dados levantados pela Folha apontam que o segmento movimenta cerca de R$ 1,5 bilhão ao ano, com 5,5 mil empresas em funcionamento no país e crescimento de 30% nos últimos cinco anos, segundo dados da Abredif (associação de empresas do setor funerário).

Na área tecnológica, iniciativas como o do grupo Funeral Home, de São Paulo, que oferece o serviço de velório online via streaming, e o e-commerce Coroas Para Velório, que teve faturamento de R$ 1,5 milhão em 2012, são algumas destas iniciativas.

Também de olho neste mercado, o site gaúcho Unifuneral foi lançado este ano com o plano de se tornar a página referência no país para anúncios e serviços fúnebres.

A plataforma, inédita no país segundo seus fundadores, permite que usuários possam realizar avisos de velórios, missas de falecimento, cultos ou prestar homenagens de forma gratuita, 24 horas por dia.