Tokio Marine migra seu datacenter. Foto: divulgação.

A Tokio Marine Seguradora migrou seu data center para a estrutura da Embratel, com a criação de um site backup nas instalações da unidade Treze de Maio, em São Paulo. 

Com a migração do centro de dados, a Tokio Marine concluiu o Projeto de Plano de Recuperação de Desastre, que prevê o restabelecimento das operações e negócios no menor tempo possível em caso de acidentes.

Segundo a seguradora, agora a recuperação do ambiente computacional pode ser feita em até quatro horas.

Embora o valor do investimento realizado não seja aberto, a empresa afirma que o projeto faz parte da média anual de investimentos da companhia em TI, que fica em R$ 100 milhões.

Além disso, a multinacional destaca em nota que esta é uma ação que reforça a infraestrutura de tecnologia da companhia para suportar o plano de crescimento que prevê a emissão de R$ 3 bilhões em prêmios já em 2014.

“Temos hoje um suporte robusto de tecnologia, alinhado com as melhores práticas internacionais de governança de TI. O novo site backup também nos possibilitou aperfeiçoar o plano de continuidade de negócios”, afirma o diretor de operações e tecnologia da Tokio Marine, Adilson Lavrador.

Desde 2009, a seguradora apostou em diversas medidas para otimizar sua operação e reduzir custos, como a revisão de contratos, internalização do contact center e modernização de toda a telefonia, incluindo dados e voz.

“Com estas ações, obtivemos uma economia na ordem de R$ 25 milhões por ano. Todo esse ganho está sendo aplicado no aprimoramento, inovação e melhoria da qualidade de nossa infraestrutura tecnológica”, informa Lavrador.

A Tokio Marine Seguradora é subsidiária da Tokio Marine Holdings, conglomerado securitário japonês fundado em 1879 e que possui operações em 38 países. No Brasil desde 1959, a seguradora atende a clientes físicos e jurídicos.

Em 2012, a empresa registrou um lucro líquido de R$ 43,3 milhões, após impostos e contribuições, percentual 14,7% maior que o registrado no ano anterior.