MARKETING

Savar: IA para gerir leads

28/11/2017 16:50

A empresa desenvolveu um robô para monitorar o interesse dos clientes e encaminhar contatos aos vendedores. 

O Grupo Savar atua com as marcas Mercedes Benz, Toyota, Jeep e Peugeot. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

O Grupo Savar, responsável por concessionárias gaúchas das marcas Mercedes Benz, Toyota, Jeep e Peugeot, utilizou recursos de big data, analytics e inteligência artificial para um projeto de marketing de performance.

A empresa desenvolveu uma nova ferramenta com o objetivo de gerir leads e acelerar o contato de vendedores e clientes.

Com isso, o Grupo hoje conta com um robô, batizado de Mark, para monitorar o interesse dos clientes e encaminhar contatos aos vendedores. Além disso, a ferramenta acompanha o desempenho do time de vendas após a entrega de informações sobre o potencial comprador.

O sistema foi desenvolvido internamente no modelo open-source. A equipe de TI da Savar é composta por dez pessoas, três delas focadas em desenvolvimento.

“O projeto foi iniciado a partir de uma demanda do departamento de marketing, pois a equipe não tinha um controle em relação aos leads ou informações aprofundadas em relação a eles, como de qual canal vinham (entre site, Facebook e e-mail marketing)”, relata Roberto Fonseca, gerente de TI do Grupo Savar.

A partir de um estudo da situação, o time de TI também percebeu outras etapas no processo de venda que poderiam ser aprimoradas.

“A área de marketing fazia a captação dos leads e repassava manualmente para o time de vendas, o que podia levar dois dias. Hoje a captura e o envio das informações para o CRM dos vendedores é feita de forma automatizada”, detalha Fonseca.

O Mark também permite que os profissionais de marketing e os gestores da Savar acompanhem em um dashboard único todas as informações do leads, além do desempenho dos vendedores.

“A solução aponta quantos leads são convertidos em vendas, qual marca gera maior retorno nos contatos, quais vendedores tem ação mais rápida ao receber informações sobre o interesse de clientes, entre outros dados”, conta o gerente de TI.

Para 2018, o plano da Savar é que o Mark também atue como um chatbot no Messenger, do Facebook, para oferecer um contato instantâneo com os clientes.

Veja também

IBM
Sompo usa Watson para apólices

A empresa utiliza o sistema da IBM para manter um chatbot no aplicativo Telegram. 

MENSAGENS
Brasil tem cerca de 8 mil bots

O país conta hoje com pelo menos 56 empresas que desenvolvem chatbots.

SAÚDE
Plusoft: chatbot para Unimed Fesp

Sistema foi um dos primeiros chatbots na área de saúde do país.

CONTACT CENTER
Genesys: atendimento para Porto Seguro

A empresa fará a substituição da plataforma de relacionamento com o cliente da Porto Seguro.

MESSENGER
Nutrella tem chatbot de receitas

Batizado de ChefBot, o sistema filtra as vontades do usuário com uma série de perguntas.

MESSENGER
Rock in Rio lança chatbot com Take

O projeto foi idealizado pela Outra Coisa e desenvolvido na plataforma BLiP, da Take.

FIDELIDADE
Livelo: Dynatrace com Stefanini

A empresa utiliza as soluções Dynatrace DPM a Dynatrace UEM (User Experience Management).