Conta da Huawei no Twitter fez publicações criticando a black friday e provocando a rival Apple. Foto: Pixabay.

A Huawei teve uma madrugada estranha no Twitter nesta quinta-feira, 28. A conta brasileira da empresa fez publicações criticando a black friday e provocando a rival Apple.

Os posts foram deletados em seguida, mas imagens das publicações ainda circulam na internet.

Um dos usuários que registrou as postagens foi Ivan Mizanzuk, professor, jornalista e responsável pelos podcasts AntiCast e Projeto Humanos.

Os tweets foram publicados por volta de 1h da manhã. Poucos minutos depois, a conta chegou a postar um pedido de desculpas, que também foi deletado pouco tempo depois.

A mensagem dizia: “Pedimos desculpas a todos os nossos clientes pelo inconveniente ocorrido. As medidas e providências já estão sendo tomadas. Como sinceras desculpas, hoje em nossos quiosques oficiais os clientes terão surpresas e descontos em nossos produtos”.

Não é possível saber, no entanto, se o próprio post prometendo descontos também não fez parte dos tweets feitos sem autorização - que podem ter sido publicados a partir de uma invasão na conta ou até mesmo por um funcionário insatisfeito.

A companhia não escreveu novas postagens na rede social até a manhã desta quinta-feira, 28.

 Em nota enviada ao Baguete, a empresa afirma que "identificou uso indevido na conta da Huawei Brasil no Twitter nessa madrugada e está investigando o ocorrido. A companhia reforça ainda que respeita o público e os concorrentes e desaprova qualquer comentário agressivo a quaisquer empresas."

 

Atualizada às 18:40 com a nota da Huawei.