UOL concentra operação em São Paulo.

O UOL Host fechou seu call center em Porto Alegre nesta segunda-feira, 28, demitindo 150 colaboradores.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada pelo Sindttel-RS, sindicato responsável pelos funcionários de empresas de centros de atendimento telefônico no Rio Grande do Sul.

De acordo com o Sindttel, o UOL fechou a empresa CLR Internet, uma controlada responsável pelo call center.

As fontes ouvidas pela reportagem do portal apontam ainda que o contrato de atendimento da empresa de hosting é agora da multinacional francesa Teleperformance, uma das cinco maiores companhias do ramo do mundo.

A  Teleperformance concentra suas operações em São Paulo, como boa parte das companhias de call center. Dados do Sintelmark apontam que o estado concentra 38% do faturamento do setor.

Procurado, o UOL não confirmou as demissões ou a mudança do call center para São Paulo.

Pessoas próximas ouvidas pelo Baguete, no entanto, vem como lógica o fechamento das operações de call center em Porto Alegre, o último vestígio da Plug In, adquirida pelo UOL ainda em 2007.

No começo do ano passado, foi fechado o data center na capital gaúcha, com a migração de  100 clientes de hospedagem dedicada da companhia para os centros existentes em São Paulo, no centro da capital paulista, e em Tamboré, na região metropolitana.

Executivos que vieram da Plug In e chegaram a ocupar posições chaves na UOL Host também saíram ao longo do ano passado.

Em agosto, Vinicius Pessin, ex-diretor do UOL Host uniu forças com Walter Sabini Junior, fundador e ex-CEO da Virid, para fundar uma empresa de fornecimento de plataforma de e-commerce, a E-smart.

Logo depois, a empresa contratou  Mariano Quadrado, ex-diretor de negócios da UOL Host, para assumir a posição de chefe de tecnologia da nova companhia.