O Mecasei.com aposta na integração com lojas virtuais. Foto: Rineca Photography/Shutterstock.com

O Mecasei.com projeta ser a principal plataforma de casamentos do Brasil em 2016. Para isso, espera ter alta de 20% ao mês no número de casais cadastrados durante o primeiro semestre de 2015, fechando o período com 8 mil novos inscritos.

De acordo com o CEO da empresa, Marcio Acorci, no final do ano passado o site registrava cerca de 3 mil novos casais a cada mês.

Para alcançar os objetivos, o Mecasei aposta no aprofundamento das ferramentas de organização do casamento e na integração com lojas virtuais. 

“Desde o final do ano passado os noivos que utilizam o Mecasei podem integrar o site do seu casamento com a lista de presentes das empresas Ponto Frio, Casas Bahia, Extra e Ricardo Eletro, uma iniciativa pioneira da plataforma” comenta Acorci. 

Quando as compras nesses sites são realizadas a partir do Mecasei, a empresa recebe uma comissão. Além disso, o Mecasei fatura com o pagamento feito pelos noivos para utilizarem o site. 

Ao contrário de muitas plataformas do segmento, o Mecasei não cobra um valor mensal, mas sim uma parcela única de R$ 49,99, que dá direito ao uso do site por tempo ilimitado.

Criada pelos empresários Marcio Acorci, Daniel Tamiosso e Bruno Bocchi, a plataforma permite que o casal crie um site personalizado e planeje todos os detalhes do matrimônio, como gerenciamento da lista de convidados, agenda, organização de fornecedores e  disponibilização da lista de presentes e cotas de lua de mel.

Em outubro, o Mecasei.com foi uma das 32 startups selecionadas pelo programa Startup Brasil. Depois, passou por um processo de pré-aceleração com a Ventiur.net e passou para próxima fase do ciclo de aceleração. 

No total, o Mecasei.com recebeu um aporte de mais de R$ 300 mil. Para 2015, a meta da empresa é atingir R$ 2 milhões em faturamento.

No mercado desde 2011, o Mecasei tem no iCasei - criado em 2007 - sua maior concorrência. No total, mais de 150 mil mil casais utilizaram o iCasei durante a organização de seus eventos.

Também há diversas empresas mais novas focadas nesse segmento.

O Quem Casa Quer Site, por exemplo, foi lançado em janeiro do ano passado e, em seis meses, contava com 11 mil casais cadastrados.

Já o Nós Vamos Casar, de Joinville, contava com 2,6 mil noivos ativos em outubro do ano passado. Para atrair mais casais, a empresa lançou um segundo site: o Nós Queremos Casar, focado em crowdfunding para os noivos realizarem seu evento.