Cemig Telecom investe em novo backbone. Foto: Shutterstock.

A Cemig Telecom, empresa de telecomunicações que integra o grupo Cemig, um dos maiores do país no segmento de energia, implantou um novo backbone óptico interligando as principais regiões de Minas Gerais.

A implantação da nova rede foi iniciada no segundo semestre de 2015, em um projeto realizado com o apoio e equipamentos da Padtec, fabricante campinense de equipamentos para comunicações ópticas. O valor do contrato é de R$ 6,6 milhões.

O novo backbone conta com transponders OTN, amplificadores ópticos e mecanismos de proteção da Padtec, capazes de atender a demanda da empresa caso haja necessidade de fazer upgrade em sua capacidade de banda. O. novo sistema da operadora é escalável para até 40 canais de 100 Gb/s.

As redes DWDM que compõem o backbone tiveram duas fases de implantação e já estão em pleno funcionamento, oferecendo links de alta capacidade que interligam as principais cidades mineiras, como Belo Horizonte, Barbacena, Juiz de Fora, Uberlândia, Uberaba, Varginha, Poços de Caldas e Governador Valadares. Ao todo são mais de trinta cidades interligadas.

De acordo com Willian Gonçalves Dias, gerente de Engenharia de Redes da Cemig Telecom, o upgrade servirá para acompanhar as necessidades de seus clientes.

Atualmente, a operadora está presente em cerca de 90 municípios, a maior parte em Minas Gerais, mas também em outros cinco estados no Centro-Oeste e Nordeste, totalizando mais 9,3 mil quilômetros de cabos ópticos.

"Por esse motivo, nossas redes são atualizadas sempre com equipamentos de última geração, alinhados às últimas tendências do mercado. Com isso, garantimos a qualidade dos serviços oferecidos e ampliamos a variedade de nossas soluções”, afirma o gerente.

O novo backbone não foi o único investimento recente da Cemig Telecom em reforçar suas operações. Além do upgrade em sua capacidade de banda, a empresa também destinou recursos para o mercado de data center, com R$ 34 milhões aportados na Ativas Data Center, empresa formada por uma sociedade entre o Grupo Asamar e a Cemig.

O aporte se fez possível após a Cemig Telecom aumentar o seu capital social, acrescentando R$ 16,66 milhões ao valor da empresa.

Criada em 1999, a antiga Infovias, hoje Cemig Telecom, oferece a maior rede óptica para transporte de serviços de telecomunicações em Minas Gerais, atendendo empresas e operadoras de telecomunicações. Atualmente a empresa possui redes de telecomunicações implantadas Minas Gerais, Bahia, Ceará, Goiás e Pernambuco.