Darwin Ribeiro, sócio da Ocapi. Foto: Divulgação.

A Ocapi acaba de anunciar a venda de sua operação brasileira e latino-americana para a Reamp. A startup é proprietária de plataformas focadas em otimizar campanhas de publicidade e tem contratos com Globo, Terra e Netshoes.

A Ocapi foi acelerada pela Wayra, do Grupo Telefónica, e participou da Turma 1 do programa Start-Up Brasil. 

Juntas, as empresas esperam faturar R$ 19 milhões em 2016 com um portfólio de 50 clientes, transacionando aproximadamente R$ 950 milhões em mídia online, em suas plataformas proprietárias.

“Começamos a negociação em 2015, pois identificamos uma forte sinergia entre os produtos e acreditamos que a união das empresas poderá oferecer um portfólio cada vez mais completo e eficiente para o mercado latino-americano”, afirma Darwin Ribeiro, sócio da Ocapi.

A Ocapi manterá a sua operação independente após a compra, sendo especializada na integração e análise de dados, criação dinâmica de banners e segmentação baseada no entendimento da audiência, principalmente no ambiente de mídia programática. 

A união das empresas agora oferece produtos nas áreas de adserver, DCO, RichMedia, DMP, analytics, dashboards, atribuição, BI e AdOps.

Entre os clientes do novo grupo estão anunciantes como Samsung, Vivo, GM, Nivea, TAM e FIAT; agências como Publicis, Wunderman, DM9 e Isobar; e publishers como Globo, Terra Brasil, Chile, Peru e México e Catraca Livre.

A Ocapi foi fundada em 2010 com recursos próprios e acelerada em 2013 pela Wayra no programa Start-up Brasil. Os sócios Darwin Ribeiro, Renato Valente e Uilton Dutra continuam no conselho da nova companhia.

A Wayra conta com 13 academias em 12 países. No Brasil desde 2012, a aceleradora investiu R$ 5,8 milhões em 49 empresas digitais no país. A iniciativa oferece um pacote de aceleração com investimento de US$ 50 mil por uma participação minoritária de até 10% na empresa e até 12 meses de aceleração.