CSC

Via recebe investimento da YOPdev

29/03/2018 13:23

O recurso de R$ 1,5 milhão será usado para uma nova tecnologia de gestão de back-office.

Rodrigo Martins, presidente da Via CSC. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Via CSC, empresa lançada em janeiro a partir da fusão entre a Via Indicadores e a CSC.educ, recebeu um investimento da argentina YOPdev, que se torna nova sócia da empresa.

O acordo aportará R$ 1,5 milhão no desenvolvimento de uma nova tecnologia para a gestão de back-office. Além deste valor, a Via investirá mais R$ 2 milhões em novas contratações, marketing e produtos ao longo de 2018.

Voltada para pequenas e médias empresas no segmento de varejo, bares, restaurantes e instituições de ensino, a Via oferece uma plataforma para gestão de negócios e atende a 150 clientes. 

A companhia prevê dobrar o número de empresas atendidas em seu primeiro ano de existência. Em 2022, a companhia espera chegar a 3 mil clientes. 

Fundada em janeiro deste ano, a Via é resultado da fusão entre a Via Indicadores, que atende o varejo em geral, e a CSC.educ, dedicada a instituições de ensino. 

Hoje, a empresa conta com 92 funcionários e atende a nomes como Boali, DryWash e Grill Hall, no varejo, além de  Colégio Elvira Brandão e Colégio Oswald de Andrade no ramo educacional.

A Via oferece uma plataforma de gestão de back-office que atende a processos como contas a pagar, contas a receber, conciliações bancárias, gestão de recebíveis, recebimento fiscal, departamento pessoal & gestão de benefícios, contabilidade gerencial e relatórios gerenciais.

“Com a fusão, apresentamos ao mercado uma plataforma de serviço inovadora e queremos que mais empresas tenham acesso a essa novidade. Nosso objetivo é automatizar todos os processos para conseguir cada vez mais escala, estou confiante que 2018 será um ano promissor para nós”, afirma Rodrigo Martins, presidente da Via CSC.

Veja também

FINTECH
Toro cria corretora de valores após aporte

O movimento foi iniciado após um aporte de R$ 46 milhões recebido por cerca de 25% de suas ações.

VALE DO SILÍCIO
Wharton Angels buscam startups do Brasil

Eduardo Küpper e Guilherme Freire se conheceram em Wharton durante o mestrado.

PAGAMENTOS
Movile investe US$ 18,3 milhões na Zoop

Um dos principais planos com o aporte na fintech é lançar uma maquina de pagamento do iFood.

PLUGINS
Rocket.Chat abrirá marketplace

Desenvolvedores poderão publicar plugins para a ferramenta, incluindo chatbots. 

ACELERADORA
WOW monta terceiro fundo

A meta é acelerar 24 startups no período de dois anos.

INVESTIMENTO
Nubank capta mais US$ 150 milhões

Ao todo, o Nubank captou quase US$ 330 milhões em seis rodadas de investimento.

FINTECH
F(x) recebe aporte do e.Bricks

O investimento poderá chegar a R$ 10 milhões.