MICRODOSING

CEO toma LSD e é demitido

29/04/2021 10:21

Ele liderava startup avaliada em US$ 2 bilhões. Prática é moda no Vale do Silício.

Uma mini dose de LSD antes da reunião? Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

Justin Zhu, CEO e fundador da Iterable, foi demitido pelo board da startup de soluções para marketing digital depois de participar de uma reunião sobre os efeitos de uma pequena dose de LSD.

A saída foi comunicada aos funcionários nesta segunda-feira, 26. A nota não chega a especificar os motivos. Fundada em 2013, a Iterable é avaliada em US$ 2 bilhões.

Quem fez isso foi o próprio Zhu, que disse à Bloomberg que o motivo foi o consumo de pequenas quantidades de LSD, prática conhecida como “microdosing”, incluindo em uma reunião com o board em 2019.

Não fica muito claro porque a Iterable tomou a decisão só agora, em 2021, nem em que ponto a empresa soube que Zhu usava LSD no trabalho.

A prática pode passar despercebida, porque a ideia do microdosing é aumentar a capacidade de concentração e estimular o pensamento criativo, tomando uma dose entre 1/10 e 1/20 da que produz as alucinações associadas normalmente com o consumo de LSD.

A ideia de tomar pequenas doses de alucinógenos no ambiente de trabalho parece ser uma herança da era hippie, que teve em São Francisco o seu epicentro nos anos 60.

Não por acaso, Steve Jobs, personagem que encarnou em seu momento a conflação da contracultura dos anos 60 com o empreendedorismo tecnológico nos anos 90, era um defensor do LSD, afirmando ao seu biógrafo ter tido sob efeito da droga “uma das experiências mais importantes da sua vida”.

Veja também

EXIT
Oracle sai do Vale do Silício

Gigante de tecnologia está de mudança para Austin, no Texas. Uma tendência parece estar em curso.

MUDANÇA
HPE troca Vale do Silício por Texas

HP foi uma das fundadoras do mito do Vale do Silício, ainda em 1939. Vem aí o fim de uma era?

POLOS
Curitiba, o Vale do Silício brasileiro?

Na visão de analistas da KPMG, capital paranaense está despontando com o Vale do Pinhão.

CACIFE
Nubank traz executiva do Vale do Silício

Renee Mauldin tem passagens pelo Twitter, Uber e Google. 

SÃO PAULO
Largo da Batata terá prédio super chique

Seria o norte da Faria Lima o novo sul da Faria Lima? Só o tempo dirá.

DIREITO
Pinheiro Neto: unidade no Vale do Silício

O escritório de Palo Alto servirá de base para o constante fluxo de advogados da empresa na região.

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL
Gente vira robô, robô vira gente

O Google I/O mostrou sistemas de inteligência artificial que soam como pessoas reais.