Mais de 50 profissionais se envolveram no projeto. Foto: divulgação.

A PUCRS e a DBServer, empresa sediada no Tecnopuc, desenvolveram uma plataforma chamada InCare para a população testar sintomas da Covid-19.

Entre integrantes de diversas escolas da universidade, do Instituto do Cérebro (InsCer) e do Hospital São Lucas (HSL), foram mais de 50 profissionais envolvidos no projeto.

Segundo a instituição, o objetivo do site é gerar informações importantes para o combate ao coronavírus e entender a sua provável distribuição no espaço geográfico de Porto Alegre.

No site, o usuário responde uma série de perguntas relativas a sintomas, condições prévias de saúde, além de informar sobre a realização de viagens recentes - que poderiam potencializar a possibilidade de exposição à Covid-19. 

A PUC alerta, no entanto, que a plataforma não substitui a necessidade de atendimento médico, mas visa fornecer uma primeira orientação complementar, pautada em conhecimentos sequenciados de médicos e de agentes de saúde.

De acordo com a universidade, os dados obtidos pelo InCare poderão auxiliar previamente no mapeamento e análise de suspeitas de contaminação por sexo, idade e sintomas. 

Os dados obtidos de forma anônima, cruzados com outros tantos possíveis, resultam em informações que podem ser utilizadas para as tomadas de decisões relacionadas à contingência do vírus e a um melhor atendimento.

No site, ainda estão disponíveis informações sobre o que é o coronavírus, quais são e como identificar os sintomas, formas de transmissão e como se prevenir. 

Fundada em 1993, a DBServer atua em soluções digitais, como desenvolvimento e design. Entre seus clientes, estão Carrefour, DASA, Grupo O Boticário, DELL, HPE, GetNet, Ipiranga, Unicred, Sicredi, Banrisul, Lojas Renner e Cia. Zaffari.