UOL entra na briga contra o phishing.

O Brasil já tem um representante no maior programa global de combate ao phishing, organizado pela Return Path, especializada em certificação de e-mails e monitoramento de reputação de marcas: o UOL, especializado em conteúdo e serviços de Internet.

O projeto permite que os provedores de serviços de internet adotem o novo padrão de autenticação Dmarc (sigla para Domain-based Message Authentication, Reporting & Conformance) mais rapidamente.  

O Dmarc ré uma especificação técnica criada por um grupo de organizações focadas na segurança da web, especialmente no mercado de e-mail.

A resolução inclui aspetcos operacionais, de implantação e relato de problemas relacionados a protocolos de autenticação de e-mail.

“Isso aumenta a proteção de seus clientes e de suas marcas contra os ataques de phishing, além de melhorar a confiabilidade no e-mail como forma de comunicação”, explica Louis Bucciarelli, diretor geral da Return Path no Brasil.

A entrada do UOL é importante para a iniciativa, segundo Bucciarelli, uma vez que o Brasil desponta no cenário global de phishing.

No país, os e-mails com tentativa de roubo de dados são mais frequentes do que em qualquer outra parte da América Latina, segundo pesquisa da empresa de segurança ESET.

Só este ano, até abril 16 bancos nacionais haviam tido suas páginas na web falsificadas, conforme a pesquisa, que, ao todo, identificou 63 sites falsos com terminações “br” e “gov.br”.

O portal do UOL marca apresenta média de 6,1 bilhões de páginas vistas todo mês, enquanto a homepage recebe, mensalmente, cerca de 50 milhões de visitantes únicos, o que faz da companhia a maior do país em seu segmento, conforme dados do sistema Omniture de mensuração de audiência.

Com 2,5 milhões de assinantes pagantes de serviços de acesso, conteúdo e produtos, a UOL conta com mais de 1 mil canais de jornalismo, informação, entretenimento e serviços.