A Copagaz investiu R$ 41 milhões para atualizar sua área de tecnologia. Foto: Divulgação.

A Copagaz investiu R$ 41 milhões para atualizar sua área de tecnologia. O valor foi investido na troca da plataforma de gestão, desenvolvimento de app de vendas e implantação de um projeto na área de logística. 

A distribuidora de GLP atua em mais de 1,5 mil municípios de em 18 estados brasileiros e o Distrito Federal, além de fazer a gestão e conexão de 14 unidades de engarrafamento e de 13 depósitos de reabastecimento aos revendedores. 

O primeiro projeto de atualização tecnológica foi a adoção de um sistema de gestão. A empresa selecionou o ERP da SAP e contou com apoio da T-Systems no projeto.

“Inicialmente pensamos em desenvolver um sistema próprio, mas decidimos deixar a customização de lado e optar por uma solução mais robusta de mercado, como o SAP, que tem consumido algo em torno de 15% a 20% do investimento de R$ 41 milhões em TI”, afirma Caio Turqueto, vice-presidente da Copagaz.

O sistema foi implementado em substituição a uma solução proprietária, que não não permitia a unificação da base de dados. 

A solução teve sua última onda de implementação em junho deste ano. A empresa conta com 650 usuários no sistema.

Para integrar o sistema com a gestão logística, a Copagaz uniu o sistema da SAP com uma solução específica para o segmento de gás da empresa alemã.

A plataforma de gestão permite a integração total dos controles contábeis, físicos, gerenciais e operacionais da distribuidora. 

Por meio dele, a Copagaz tem o controle online e em tempo real da sua frota de distribuição, entrega e posicionamento da disponibilidade de produto.

O sistema também fornece outras informações, tais como a programação de vendas, faturamento e condição econômica do cliente com a empresa.

A empresa também investiu parte dos R$ 41 milhões em treinamentos dos colaboradores para operação das novas plataformas e softwares; transporte, deslocamento e hospedagem das equipes de consultoria.

Entre as novas ferramentas implementadas após o início do projeto do ERP está a Umov.me. A plataforma móvel é voltada para gestão de comercialização, custos e operações de consultores comerciais da Copagaz.

O sistema atua no monitoramento de prospecção de novos negócios e a manutenção da carteira de clientes, apresentando, em tempo real, todas as informações das visitas feitas pelo time comercial.

A empresa também lançou o Copa Mobile. Com ele, a equipe de entrega vai poder realizar todas as operações de venda via tablet, de forma integrada às demais ferramentas como SAP e Implico.

O plano da empresa é equipar o time com tablets Android adquiridos no modelo de aluguel, com uma ferramenta de gestão de dispositivos (MDM). A ideia é contar inicialmente com cerca de 200 equipamentos.

A empresa também vai lançar em breve o App Vendas, destinado ao consumidor residencial de P13 (botijões de 13 kg).

De acordo com Reinaldo Melero, gerente de TI da Copagaz, os projetos exigiram também um investimento em infraestrutura e hardware.

A empresa realizou um upgrade de links da Embratel e adquiriu novos links com a Level 3. Além disso, passou a utilizar soluções da Fortinet para segurança e redundância e balanceamento de links.

Fundada em 1955, a Copagaz produz 600 mil toneladas de GLP por ano, faturando mais de R$ 1,8 bilhão. 

A empresa possui cerca de 1,6 mil colaboradores e abastece uma rede composta por mais de 2,5 mil revendedores.