ACATE

Fintechs ganham vertical em SC

29/09/2016 15:42

O modelo de Verticais de Negócios da Acate nasceu em 2009 e conta com outras 12 áreas.

Roberto Dagnoni irá assumir a direção da nova vertical da Acate. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

Santa Catarina terá, a partir da próxima semana, a primeira vertical de negócios voltada para o segmento das fintechs (startups tecnologia para o setor financeiro). A iniciativa é da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate) e tem o apoio da Cetip, integradora do mercado financeiro. 

“Além da promoção de eventos e de incentivar o compartilhamento de experiências entre seus membros, a Vertical pretende proporcionar o desenvolvimento de ofertas complementares e competitivas para o setor de serviços financeiros, a partir da colaboração entre as empresas”, afirma Roberto Dagnoni, diretor de novos negócios da Cetip, segundo o TISC.

Dagnoni irá assumir a direção da nova vertical da Acate.

Na avaliação do presidente da Acate, Daniel Leipnitz, as fintechs têm revolucionado o modo como as pessoas realizam operações financeiras, já que a população está indo menos aos bancos e passando a utilizar a tecnologia, como aplicativos para pagamentos, empréstimos e gestão financeira.

“Essas startups estão impactando os negócios das instituições financeiras, que têm buscado se reinventar, sobretudo na maneira como se relacionam com os clientes”, completa.

O lançamento da Vertical Fintech, no dia 6 de outubro, acontece das 9h30 às 12h30, no Centro de Inovação Acate - Primavera. As Inscrições para o evento estão abertas.

O modelo de Verticais de Negócios da Acate nasceu no final de 2009 e atualmente conta com outras 12 áreas: Sustentabilidade, Energia, Cloud Computing, Educação, Games, Governo, Manufatura, Saúde, Segurança, Telecom, Agronegócio e Têxtil. Juntas, contabilizam 123 empresas participantes. 

Em agosto, a Cetip, maior depositária de títulos privados de renda fixa da América Latina e maior câmara de ativos privados do país, lançou um programa de fomento a fintechs. O projeto apoiará 10 startups  do meio financeiro a cada nove meses com incubação em Florianópolis e investimento individual de R$ 170 mil.

A criação da nova vertical para fintechs segue a tendência de crescimento do setor. De acordo com levantamento do FintechLab, existem no Brasil mais de 200 startups de serviços financeiros 

De acordo com uma pesquisa da PwC, a indústria global de serviços financeiros sente a ameaça das novas empresas. Os executivos de instituições financeiras temem perder cerca de 25% de seus negócios para as fintechs até 2020.

Veja também

UNIVERSIDADE
Católica de Joinville tem engenharia de software

O curso terá a coordenação do professor Maurício Henning e duração de quatro anos. 

OPORTUNIDADE
Cetip acelera fintechs em Floripa

Serão 10 startups de tecnologia do meio financeiro acolhidas a cada nove meses.

GOVERNO
Ceitec tem novo presidente

Paulo de Tarso Mendes Luna foi diretor de Ciência e Tecnologia em Santa Catarina.

EXPANSÃO
Flar abre operação no Sul

Daniel Alves foi contratado para gerir negócios da empresa na operação de Curitiba.

IMPOSTOS
Software gaúcho escapa do ICMS

Só serão tributados softwares distribuídos em mídia física, uma minoria hoje em dia.