Para a Anatel, não vai ter promoção. Foto: reprodução.

Ao que tudo indica, a Anatel não quer saber de promoções para celular. Nesta semana, ao receber os planos de promoção da Claro e Vivo para alavancar suas vendas na temporada de Natal, a agência reguladora foi taxativa, dizendo que as promoções seriam suspensas caso fossem lançadas ao público.

Conforme destaca a coluna Radar Online, da Veja, a ameaça da Anatel contra as estratégias promocionais agressivas segue a recente suspensão imposta pela agência para a TIM, que teve que deixar de oferecer o seu serviço Infinity Day.

A agência reguladora teme que a oferta leve a um aumento de tráfego que a rede de telefonia da operadora não teria condições de suportar.

Pelo jeito, o temor da agência se estende às outras operadoras e a possibilidade de congestionamento nas redes com o aumento de aparelhos.

Vale lembrar que em julho deste ano, a Anatel suspendeu os serviços da Claro, Oi e TIM em diversos estados do país, exigindo a melhoria do atendimento e das redes das operadoras.

REAÇÃO

O SindiTelebrasil, entidade que reúne as grandes do setor, colocou recentemente em votação junto às operadoras um texto mostrando preocupação com a inédita medida da Anatel de suspensão preventiva da promoção - no caso a da TIM.

A Oi e TIM votaram a favor, mas a Vivo e Claro se opuseram à proposta. Pelo jeito, a concorrência entre as operadoras supera os problemas que elas tem com a Anatel.