Mariana Dias, CEO e cofundadora da empresa. Foto: Divulgação.

A Gupy, startup que oferece uma solução de recrutamento com base em inteligência artificial, acaba de receber um investimento no valor de R$ 11,5 milhões. O novo aporte foi feito pelos fundos Valor Capital, com atuação no Brasil e EUA, e Maya Capital, liderado por Lara Lemann e Monica Saggioro.

No mercado há três anos, a Gupy atende a clientes como Ambev, Kraft Heinz, Randon e Somos Educação, além de outros nomes espalhados em cinco países.

Com os recursos, a empresa espera aprimorar as soluções do sistema e expandi-lo nacionalmente.

"O Brasil é o quinto maior mercado de recrutamento e possui características específicas que dificulta a boa atuação de soluções de fora. Com esse investimento vamos evoluir o sistema para oferecermos ainda mais inovações para os nossos clientes e sermos líderes aqui e em breve em novos países", pontua Mariana Dias, CEO e cofundadora da empresa.

A empresa, que em 2016 foi acelerada pela Wayra, programa de inovação aberta e empreendedorismo da Telefónica, já havia recebido, em 2017, um aporte no valor de R$ 1,5 milhão do fundo de investimento Canary, liderado pelos fundadores do Peixe Urbano, M Square e Printi, e do fundo Yellow Ventures, liderado por Patrick Sigrist, fundador do iFood. 

A rodada contou ainda com dinheiro de investidores-anjos. 

Com crescimento de pelo menos 15% ao mês em receita recorrente, a empresa mais do que quintuplicou suas receitas em 2018, na comparação com à 2017. 

"Acreditamos que este é o momento para termos uma grande transformação na forma como as empresas contratam. Queremos proporcionar aos nossos usuários as melhores tecnologias, inovações e experiências e assim continuar liderando as disrupções que esse mercado necessita", destaca Mariana.

Atualmente, o novo algoritmo da plataforma ajuda o recrutador a realizar uma triagem de currículos. A tecnologia de inteligência artificial faz com que os clientes da Gupy só precisem analisar, em média, os 12 perfis de candidatos mais compatíveis para encontrar o ideal para a vaga, ao invés de dezenas e muitas vezes centenas de currículos.

Residente duas vezes consecutivas no Programa Google for Startups e selecionados entre 12 startups no mundo para o Google Alumni Summit em Israel no final de 2018, a startup possui mais de 60 funcionários.