Associação é composta por 44 empresas do setor de medicina de SP e MG. Foto: divulgação.

A Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) implementou o Microsoft Office 365 com a consultoria da Brasoftware, projeto que envolveu a migração de 8 mil contas de e-mail.

Segundo a empresa, o processo foi dividido em duas fases. A primeira consistiu na análise do ambiente e migração das contas de usuários.

Já o segundo momento contemplou uma série de workshops para o entendimento e adoção da solução, com foco em ferramentas como Microsoft Teams, OneDrive, Planner (KanBan) e To-Do.

Os treinamentos - presenciais e on-line - foram voltados para setores como administrativo, financeiro e TI, considerados áreas chave na SPDM. 

“Nosso intuito foi capacitar esses setores para que possam usufruir de todo o potencial das ferramentas e para que pudessem disseminar o conhecimento para os demais colaboradores da SPDM com foco na produtividade e comunicação", afirma Rodrigo Rick, gerente de serviços da Brasoftware.

No total, foram necessários oito meses para o projeto ser finalizado, uma vez que os 600 usuários foram divididos em turmas, com calendário gradativo.

"Nos workshops, os colaboradores chegavam com as dúvidas já formatadas, após o primeiro contato com a solução do Office 365. Assim tivemos treinamentos produtivos e colaborativos. A participação dos usuários foi essencial nesse tipo de capacitação", conta Fernando Ornellas, gerente de adoção da Brasoftware.

Segundo a SPDM, o principal motivo para a migração foi a existência de lacunas no processo de comunicação integrada entre os colaboradores das empresas associadas, além da dependência de parceiros terceirizados para realizar a administração do ambiente.

Com a adoção do Office 365, a instituição afirma ter reduzido custos com manutenção, suporte e obtido uma maior autonomia da própria estrutura. 

“Sobretudo, nos modernizamos e colocarmos todos os colaboradores em convergência com o mercado global, facilitando a comunicação, evitando deslocamentos desnecessários e ainda permitindo que os funcionários tenham acesso às soluções, independente do ambiente que estejam” ressalta Brenno Martins, do departamento de TI da SPDM. 

Fundada em 1933, a SPDM é uma associação civil sem fins lucrativos, de natureza filantrópica, composta por 44 empresas do setor de medicina dos estados de São Paulo e Minas Gerais.

Já a Brasoftware foi fundada em 1987 e comercializa soluções de empresas como Microsoft, Autodesk, Adobe, Symantec, McAfee, Citrix, Arcserve, Corel, entre outras.

Em 2002, a empresa criou uma divisão de serviços, a Brasoftware Consulting, com atuação nas áreas de desenvolvimento, implementação e infraestrutura.

Com escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e Brasília, a companhia tem clientes como Ache, Bradesco, Claro, EY, Grupo Votorantin, Kroton, Serasa Experian, SKY, LATAM, Tecban, Telefonica, Totvs, UHG, UOL, SENAC e TJ - SP.