BANCOS

Revolut terá hub de TI no Brasil

30/03/2022 08:16

Fintech britânica está começando a montar time no país. 

Glauber Mota. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Revolut, uma das grandes fintechs britânicas, vai criar um hub de tecnologia no Brasil para atender a sua futura operação na América Latina, contratando num primeiro momento entre 20 a 50 profissionais de TI.

A revelação é do CEO, Glauber Mota, que falou ao Neofeed sobre os planos da fintech no país. 

Mota disse que tem "carta branca" para contratar os melhores talentos.

O executivo era OO da Digital Retail Unit do BTG Pactual e fez carreira entre os setores de tecnologia e finanças, tendo sido VP no Itaú e diretor no Brasil da SunGard, uma grande fornecedora de sistemas para a área.

Desde a sua fundação, em 2015, a empresa já captou US$ 1,7 bilhão, de acordo com o Crunchbase.

A empresa tem 3 mil funcionários, operações em 35 países e está avaliada em US$ 33 bilhões.

A reportagem do Baguete deu uma conferida no Linkedin onde encontrou uma dezena de funcionários da Revolut no país (número informado por Mota ao Neofeed).

Até agora, a empresa não começou a contratar profissionais de TI, focando nos times mais operacionais.

Felipe Lachowski, um dos fundadores do banco digital Neon, é o head de Estratégia e Operações.

Lechowski deixou o Neon em 2018. Antes, o profissional já havia sido fundador em 2011 da Startup House, uma das primeiras aceleradoras de startups do país.

Lechowski tem também background financeiro, com uma passagem de seis anos no Merrill Lynch, onde começou como trainee em 2005, passou pela sede em Nova Iorque e chegou a ser VP no Brasil. 

O gerente sênior dessa área é João Gabriel Brunetti, ex-head de marketing comercial da Rappi e co-fundador do Receitaê, uma startup da área de RH que chegou a ser selecionada para um programa da Ambev.

Outros gerentes da área são Carlos Eduardo Fantoni que também vem do Rappi, onde era líder na categoria bebidas do aplicativo e Guilherme Sproesser Ferreira, que foi antes gerente de produto na Neon.

Fantoni passou também pela RedBull e foi um dos 100 selecionados para um programa de um ano na área de vendas da SAP realizado em São Francisco.

Veja também

CRÉDITO
Dimensa compra fintech Vadu

Empresa da Totvs e da B3 segue reforçando o portfólio por meio de aquisições.

FINTECH
Randon: R$ 7 mi na Money Money Invest

Este é o oitavo aporte da companhia, que criou fundo há dois anos.

FINTECH
Banco Next compra Aarin

A instituição quer reforçar o atendimento a empresas e MEIs, além de serviços como Pix e cashback.

NICHO
SW3 cresce no embalo fintech

Duas empresas de martech atendem quase todas as fintechs do país.

OPORTUNIDADE
Banco BMG procura startups

A instituição vai selecionar 20 empresas em programa com a Troposlab.

COMPRAS
InHouse Market levanta R$ 1,9 milhão via CapTable

Startup cearense opera e licencia mercados sem funcionários em condomínios.