Startup já prestava serviços para a varejista e outros e-commerces concorrentes. Foto: divulgação.

A Via Varejo, dona do Ponto Frio e das Casas Bahia, comprou a empresa ASAP Log, startup curitibana com atuação nacional, para fortalecer sua logística. 

Segundo o site Brazil Journal, a negociação começou há meses e o contrato foi assinado no sábado. A varejista não divulgou o valor da transação.

Atuando desde 2014, a startup é sediada no hub de empreendedorismo Cubo Itaú e já prestava serviços para a Via Varejo e outros e-commerces concorrentes.

Na prática, sua tecnologia uberiza a última milha, permitindo que motoristas de aplicativo, motoboys e até ônibus entrem no sistema da companhia para pegar e entregar pequenos pacotes a clientes da empresa.

Rafael Mendes, CEO e fundador da ASAP Log, já atuou na logística de empresas como Renault, Volkswagen e Uninter, além de ter passagens pela rede de hotéis Hilton e pelo banco HSBC.

Hoje, a última milha da Via varejo depende de pequenos caminhões com rotas definidas.

Ao usar a tecnologia da ASAP, a companhia deve otimizar a entrega a partir de suas 180 lojas que servem como mini CDs - reduzindo o tempo de entrega, em muitos casos, de dois dias para duas horas.

“Funciona como os braços de um polvo: vamos quase mandar um carro entregar para cada cliente, e vamos fazer isso em escala nacional,” explicou Roberto Fulcherberguer, CEO da Via Varejo, ao Brazil Journal.

A Via Varejo, que mantém no momento 80% dos seus pontos físicos fechados, revelou que está vendendo 70% do que vendia antes da pandemia do coronavírus.

No último final de semana, a companhia atingiu 10 milhões de usuários ativos em seus apps, contra 8,5 milhões no mês passado e apenas 1,5 milhão em junho de 2019.

Além disso, o time de TI da empresa criou uma ferramenta batizada de “Me Chama no Zap”, que já responde por 20% das vendas online.