Ricardo Fornari.

A Stibo Systems, multinacional dinamarquesa de gestão de dados mestres (MDM, na sigla em inglês), quer acelerar os resultados no Brasil com a nomeação recente de Ricardo Fornari para o cargo de country manager no país.

Fornari vem da Sisgraph, empresa especializada em software para engenharia na qual estava desde o começo dos anos 2000. Em 2011, A Sisgraph foi adquirida pela Hexagon.

A meta do executivo é contribuir a partir do Brasil para a meta da Stibo de levar o faturamento vindo da América Latina de 4% atualmente para 10% no final de 2018.

Normalmente, o mercado brasileiro responde por um pouco mais da metade do faturamento de multinacionais na região. Os clientes por aqui incluem Netshoes e o Banco Industrial do Brasil.

“O mercado brasileiro tem investido fortemente em iniciativas de BI, Analytics e IoT. Muitos desses projetos falham justamente por não abordarem o tema MDM de forma apropriada, e é essa lacuna que a Stibo Systems busca cobrir”, afirma Fornari.

A Stibo é uma especialista, tendo sido apontada pelo Gartner como uma das líderes do mercado de MDM.

A empresa já tinha um canal no país, composto de parceiros como GS&Comm (do grupo Gouvêa de Souza), Deloitte, Wipro, Cognizant, Infosys, Tata, Tech Mahindra e Voxxel.

A companhia possui mais de 500 colaboradores em 19 escritórios pelo mundo, atendendo 330 empresas.