Portal FinTechVisor quer reunir fintechs e instituições financeiras. Foto: Divulgação.

A Capgemini e a Efma acabam de lançar o FinTechVisor, uma plataforma projetada para reunir fintechs e instituições financeiras, estimulando o trabalho colaborativo entre elas. 

O portal FinTechVisor pretende fomentar uma comunidade colaborativa e mundial para difundir inovações no segmento de serviços financeiros.

A ferramenta conta com um recurso que permite que bancos e seguradoras avaliem as fintechs e comentem as soluções compartilhadas no portal. Além disso, oferece uma função de “match” que permite que instituições financeiras encontrem as startups que melhor complementem suas necessidades e interesses.

"À medida que o setor financeiro passa por uma transformação significativa, a visão do portal FinTechVisor é formar um único ponto de contato, onde todos os agentes possam encontrar seu lugar e ser parte do futuro", explica William Sullivan, head de Inteligência de Mercado da Capgemini. 

O portal FinTechVisor também apresentará, em breve, a função ScaleUp Qualification Program, da Capgemini.

No programa, as startups são avaliados pela companhia para obter sua qualificação. A iniciativa avaliará fintechs com potencial para se posicionarem como ScaleUps, sob quatro critérios: pessoas, finanças, negócios e tecnologia – com um olhar para o potencial de uma colaboração com uma grandes corporações.

O novo portal contará, ainda, com um recurso de mensagens integrado, que permitirá que as instituições financeiras entrem diretamente em contato com a fintechs. 

Ele também oferecerá uma biblioteca fintech e abrigará, em breve, um hub de conteúdo, que exibirá as notícias e tendências atuais do segmento, em conjunto com histórias de colaborações bem-sucedidas.

A Capgemini conta com 200 mil colaboradores, distribuídos em mais de 40 países. Em 2017, a companhia reportou uma receita global de € 12,8 bilhões.

Já a Efma é uma organização global sem fins lucrativos criada em 1971 por bancos e seguradoras. O grupo de membros reúne mais de 3,3 mil marcas em 130 países, entre eles Allianz Group, Bancolombia, Citibank, HSBC e outras instituições.