Dinheiro na mão é uma ave rara nos dias de hoje. Foto: https://www.flickr.com/photos/celeumo/

O  Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados de São Paulo (Sindpd) fechou um acordo com a fintech Paketá Crédito para oferecer crédito consignado na folha de pagamento para seus 150 mil associados.

Os pedidos de empréstimo na plataforma da Paketá são liberados em até 24 horas. Todo o processo é feito on-line e o crédito é descontado direto da folha de pagamento do funcionário contratados em regime CLT. 

O valor das parcelas fixas não ultrapassa 30% do salário líquido, não prejudicando, assim, a renda mensal do colaborador. O prazo para o pagamento da quantia solicitada é de até 48 meses.

A maior vantagem do consignado privado é sua taxa de juro. A modalidade de crédito tem uma taxa média mensal que varia entre 1,5% a 4,5%, enquanto o cheque especial e o rotativo do cartão de crédito podem cobrar taxas que chegam a 24% e 16%, respectivamente.  

“Sabemos que muitas pessoas estão buscando empréstimo pessoal para ajudar a pagar contas, planejar uma compra ou até mesmo para trocar por dívidas bem mais caras, como do cartão de crédito e cheque especial. Nosso objetivo é oferecer um crédito mais justo para evitar o endividamento e auxiliar a saúde financeira dos trabalhadores”, diz o presidente em exercício do Sindpd, João Antônio Nunes.