Um estudo aponta que 87% das grandes companhias utilizam pelo menos uma mídia social.

A pesquisa da Burson-Marsteller examina as 100 maiores empresas listadas no ranking global da Fortune, entre elas Wal-Mart, Petrobras, Siemens, General Motors e Nestlé.

O índice é resultado da terceira edição do estudo Global Social Media Check-up, que analisou a utilização das plataformas de mídias sociais mais populares, como Twitter, Facebook, YouTube, Google Plus e Pinterest.

O Twitter é utilizado por 82% das empresas analisadas. Em um único mês, as 100 maiores companhias globais juntas foram mencionadas um total de 10.400.132 vezes nas redes sociais, principalmente no microblog.

A ferramenta que mais cresceu foi o YouTube. Houve um aumento de 79% no número de marcas com um canal oficial nessa rede.

Em média, cada canal corporativo tem mais de dois milhões de visualizações e 1.700 inscritos.

A pesquisa também aponta que 74% das empresas acreditam na importância de ter uma fan page no Facebook.

Rede social que vem ganhando forças recentemente, o Pinterest já gera interesse de 25% das empresas, que já possuem conta no site.

EMPRESAS SIM, CEOs NÃO
Já uma pesquisa do CEO.com aponta que os principais executivos das maiores empresas americanas não utilizam as redes sociais.

Utilizando a base das 500 maiores empresas dos Estados Unidos, o site procurou os diretores-executivos no Twitter, Facebook, LinkedIn, Google+, Pinterest, Wikipedia e blogs. O resultado foi que 70% deles não estão presentes nas redes sociais.

Na rede Linkedin, foram encontrados 129 executivos destas empresas. Rupert Murdoch, Michael Dell e Warren Buffett foram os que mais se apresentaram disponíveis.