A Microsoft lançou o Quantum Katas, projeto de código aberto voltado para computação quântica. Foto: Pixabay.

A Microsoft acaba de anunciar o Quantum Katas, um projeto de código aberto voltado para computação quântica.

A iniciativa busca oferecer uma maneira mais simples para que desenvolvedores e entusiastas aprendam a Q#, linguagem de programação da Microsoft para computação quântica

O projeto reúne uma série de exercícios com desafios incrementais e que fornecem feedback imediato enquanto o usuário avança por eles.

Enquanto um computador clássico tem uma memória feita de bits, em que cada bit guarda um "1" ou um "0" de informação, um computador quântico mantém um conjunto de qubits. Um qubit pode conter um "1", um "0" ou uma sobreposição destes. Em outras palavras, pode conter tanto um "1" como um "0" ao mesmo tempo. 

O efeito prático disso é que a computação quântica possibilita a resolução de alguns problemas que na computação clássica levariam um tempo impraticável. 

O Microsoft Quantum Katas fornece tutoriais individualizados para ensinar elementos de computação quântica e programação Q# de forma simultânea. Cada Kata disponibiliza uma sequência de tarefas sobre um determinado tópico de computação quântica, progredindo de uma dificuldade simples para algo desafiador.

No início deste mês, a Microsoft realizou seu primeiro concurso de codificação em Q#, que contou com 650 participantes de todo o mundo. Enquanto mais de 350 deles resolveram pelo menos um problema, 100 participantes solucionaram os quinze desafios propostos pela iniciativa. As tarefas da competição estão inclusas nos Quantum Katas.