CX

Hi Platform recebe aporte de R$ 35 milhões

30/09/2021 15:02

Rodada foi liderada pela XMS Partners Soluções Financeiras e Investimentos.

Marcelo Pugliesi, CEO da Hi Platform. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Hi Platform, empresa paulistana focada em sistemas de relacionamento com o consumidor, recebeu um aporte de R$ 35 milhões em rodada liderada pela XMS Partners Soluções Financeiras e Investimentos.

A negociação foi assessorada pela Stark, que desenvolveu uma solução SaaS para realizar matches entre investidores e companhias de médio porte.

Fundada no começo de 2017, a Hi Platform foi criada pela fusão da Direct Talk com a Seekr. A Direct Talk atuava no mercado de soluções para atendimento ao consumidor, enquanto a Seekr era especializada em tecnologia para monitoramento de redes sociais e SAC 2.0. 

Hoje, a empresa possui 900 clientes, para os quais desenvolve canais de atendimento como chatbot, chat on-line, gerenciadores de e-mail e pendências, além de plataforma de social media.

No portfólio, estão nomes como Polishop, Mapfre, Grupo XP, Netshoes, Sky, Bayer, Danone, Petz, VR Benefícios, Cremer e Dafiti.

Em 2020, a companhia apresentou crescimento de 35% no faturamento em relação ao ano anterior e contabilizou mais de 1,7 bilhões interações entre marcas e consumidores em sua plataforma.

Em junho de 2021, foi selecionada pelo Facebook para ser uma WhatsApp Business Solution Provider, além de ser uma das poucas empresas pelo mundo a ter uma plataforma integrada à API do Messenger para Instagram.

"A Hi já tinha excelente time e produto e, embora já tivesse dialogado com investidores, precisava resolver questões societárias internas para que os founders pudessem ocupar a posição de relevância merecida. Priorizamos esse trabalho em paralelo com a modelagem dessa rodada que fluiu imediatamente após termos o cap table resolvido", explica Gualtiero Schlichting, CBO da Stark.

Com o novo aporte, a Hi pretende acelerar o crescimento da empresa e investir em inovação na plataforma, assim como em futuras aquisições, que devem acontecer nos próximos dois anos.

“Nosso objetivo é intensificar o impacto que temos na vida dos consumidores e ampliar a distribuição dos nossos produtos. Estamos em total ascensão, principalmente agora que nos tornamos a primeira plataforma brasileira focada na jornada do consumidor", afirma Marcelo Pugliesi, CEO da Hi Platform.

Para 2021, a expectativa da companhia é fechar com um faturamento na casa dos R$ 80 milhões, cifra 45% maior que a de 2020.

Fundada em 1995, a XMS é uma empresa líder no estado de Santa Catarina em operações financeiras estruturadas e investimentos para os segmentos imobiliário e energia renovável. 

Veja também

APORTES
Multilaser investe R$ 20 mi em govtechs

A fabricante de eletrônicos será a primeira investidora de fundo criado por KPTL e Cedro Capital.

E-COMMERCE
Merama levanta US$ 225 milhões

Rodada série B foi liderada por Softbank e Advent, com participação da Globo Ventures.

DADOS
Mater Dei compra A3Data

Investimento na empresa de data analytics pode chegar a R$ 40 milhões.

FINTECH
Ex-Amazon assume operações do Will Bank

Alexandre Munhoz era country manager no negócio de livros da gigante do e-commerce.

PROJETOS
Falconi terá negócio de segurança da informação

Gigante de consultoria fareja oportunidade de mercado em meio a onda de ataques.

NOMES
Diogo Bassi, ex-Petz, é CFO da Unico

Profissional fez um IPO bem sucedido na rede de petshops meses atrás.