Para publishers como EA, a nova geração promete. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Electronic Arts tem expectativas mais que otimistas para o lançamento dos videogames de nova geração, com o Playstation 4 e o Xbox One. Segundo a publisher, a estimativa é que os consoles tenham uma venda combinada de 10 milhões até o final do ano fiscal 2014, que se encerra em 31 de março.

A declaração é do COO da EA, Peter Moore. Em declaração ao site IGN, o executivo afirmou que levantou estes dados diretamente com a Sony e Microsoft.Segundo as fabricantes, a marca de 10 milhões de unidades comercializadas é um número que pode ser atingido facilmente.

Conforme indica o mercado, a previsão não é assim tão absurda. Atualmente, praticamente todas as lojas norte-americanas não possuem mais unidades de ambos os consoles em pré-venda, e a previsão é de que os estoques não se normalizem antes do Natal.

Para analistas, se a previsão se confirmar, será o lançamento de videogame mais bem sucedido da história. Nos primeiros seis meses de Xbox 360, a Microsoft somou 3,2 milhões de unidades comercializadas, enquanto a Sony teve 3,5 milhões de vendas.

Em termos comparativos, atualmente o mercado de PS3 e Xbox 360 possui uma base global de aproximadamente 150 milhões de consoles. No entanto, vale lembrar que a geração atual de videogames já tem oito anos de idade.

Estendendo a proporção de vendas do lançamento a uma visão de longo prazo, é possível especular, no mínimo, uma geração de 160 milhões de consoles vendidos.

Para a EA, o prospecto de boas vendas no hardware é animador, já que a companhia investiu pesado na largada dos novos consoles. Dos cerca de trinta jogos previstos para o lançamento, a companhia tem cinco no pacote. Entre eles estão franquias de sucesso como FIFA, Need for Speed e Battlefield.

"Sony e Microsoft afirmam que este será o melhor lançamento de console de todos os tempos, então estamos confiantes pois temos cinco jogos específicos para esta nova geração", afirmou Moore.