Intel agora também terá chips ARM. Foto: divulgação.

Intel deve produzir processadores com padrão ARM em 2014.

Segundo reporta a revista Forbes, a informação foi dada pela Altera, uma companhia parceira da Intel, em um evento de desenvolvedores ARM nesta quarta-feira, 30. 

Com esta decisão, a Intel pretende turbinar seus esforços para fornecer componentes para o segmento mobile, entrando na briga com outras foundries como TSMC, UMC e Samsung.

Conforme destacou o porta-voz da Altera, o plano da Intel é iniciar a sua produção de chips ARM de 64-bits a partir do próximo ano.

De acordo com analistas, a estratégia da Intel sacudiu o mercado, já que a companhia norte-americana fez tudo e mais um pouco nos últimos anos para derrubar a preferência dos fabricantes de smartphones e tablets pelos chips ARM, defendendo a arquitetura x86.

Além disso, ao colocar seu poder de manufatura a serviço da nova arquitetura, a empresa pode sair causando um impacto significativo no setor.

"É uma notícia gigante. Imagine o mais avançado e poderoso processador ARM, produzido nas fábricas com tecnologia de ponta da Intel. É uma dupla que será difícil de bater", afirmou Nathan Brookwood, analista da consultoria Insight 64.

Para a Forbes, a entrada de um peso pesado como a Intel puxará uma corrida ainda mais acirrada por preços e qualidade. Agora resta saber quais fabricantes estão interessadas em ter ela ao seu lado.

Um exemplo é o da Apple, que ainda encomenda seus chips com a Samsung, concorrente direta no mercado de smartphones. Com a chegada de uma empresa conceituada como a Intel, a empresa de Cupertino tem uma saída para a fabricação de seus processadores.