Milton Filho, da Rede, e Cleber Morais, da Bematech. Foto: divulgação.

A Bematech, desenvolvedora nacional de sistemas de automação comercial para o varejo e setor hoteleiro, firmou uma parceria com a Rede (empresa do Itaú Unibanco que antes era a Redecard), para oferecer a pequenas empresas uma solução unificada em nuvem.

O plano das duas companhias é oferecer, no modelo de software como serviço (SaaS), soluções de automação comercial, gestão de estoques, gestão de inventário, transações eletrônicas de fundos e nota fiscal ao consumidor eletrônica (NFC-e).

Além disso, os softwares foram adaptados para uso em dispositivos móveis que a rede varejista já possua (como smartphones e tablets).

A tecnologia terá suas vendas iniciadas em novembro, com 5 mil distribuidores parceiros da Bematech ofertando a novidade, que já está em fase piloto em algumas empresas.

O plano é lançar o serviço em algumas capitais neste ano e ampliar a oferta para todo o país em 2015.

Para o presidente da Bematech Cleber Morais, o plano com a nova oferta é contemplar cerca de 1 milhão de varejistas de pequeno porte, que possuem um faturamento anual médio de até R$ 1,5 milhão.

“Assim como aconteceu em mercados mais maduros, existe agora uma tendência no varejo brasileiro em integrar soluções de automação comercial e meios de pagamento. Esta parceria representa uma quebra de paradigma”, comenta Morais.

Na lista de estabelecimentos visados estão mini mercados, restaurantes e lojas localizadas em estados que onde já se utiliza a nota eletrônica para consumidor, como o Amazonas e Rio Grande do Sul.

A novidade é mais um passo da Bematech para expandir sua participação no mercado, batendo de frente com rivais como a Linx, empresa que também foca no varejo e investiu nos últimos anos.

Em junho, a Linx e a Cielo divulgaram um memorando de entendimentos para a criação de uma joint-venture especializada na oferta de sistemas de gestão com ferramentas para aceitação de cartões. O foco é varejistas com até cinco lojas e receita inferior a R$ 2 bilhões.

Para a Bematech, o ano foi de investimentos. No primeiro trimestre de 2014, a empresa contabilizou ganhos de R$ 95,5 milhões, crescimento de 22,7% em relação à receita do mesmo período no ano passado e décimo período consecutivo de crescimento.

Apenas em 2014 a companhia já adicionou às suas fileiras a Unum, desenvolvedora de softwares de gestão de varejo em nuvem, por R$ 30 milhões, e adquiriu 60% da RJ Participações, especializada em sistemas de reservas e vendas de passagens rodoviárias, por R$ 16,5 milhões.