O fundo tem como foco empresas inovadoras do setor de TIC. Foto: Ismagilov/Shutterstock.com

A Invest Tech, focada na gestão de fundos de Venture Capital e Private Equity para o mercado de TIC, iniciou a operação do seu segundo Fundo de Investimento em Participações (FIP), o Capital Tech II, que tem capital comprometido de R$ 209 milhões.

O valor é cerca de 14% maior do que o previsto inicialmente e foi obtido a partir de investidores internacionais, como CAF e Grupo Telefónica, além dos nacionais mais tradicionais e técnicos do setor, como FUNCEF, FINEP e BNDES.

O fundo tem como foco empresas inovadoras do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), com faturamento entre R$ 5 milhões e R$ 200 milhões no ano.

O Capital Tech II prevê investimentos em sistemas de TI relacionados a gestão de mobilidade, infraestrutura, tomadas de decisão, processos de TI, cloud e sistemas embarcados. 

Há também interesse por soluções da área de saúde, para monitoramento de pacientes, prontuários, processos e custos, além de modelos de eficiência em tecnologia verde, referentes à reciclagem, Smart Grid, otimização da cadeia de recursos naturais, entre outros. 

“De uma forma geral, buscamos empresas onde a tecnologia da informação possa ser utilizada como alavancadora de performance e catalisadora de diferenciais operacionais”, afirma Maurício Lima, diretor executivo da Invest Tech.

O Capital Tech II tem prazo inicial de oito anos, podendo ser estendido por mais dois. O período de investimento é de quatro anos, sendo que o reinvestimento (capital desinvestido passível de ser reinvestido) pode ser feito a qualquer momento até o sexto ano.

A Invest Tech realiza, desde 2008, a gestão do Capital Tech I, fundo de participações de R$ 31,4 milhões voltado para empresas médias com atuação nos segmentos de saúde, tecnologia limpa e tecnologia da informação, com investimentos do BNDESpar, FINEP, FUNCEF, BID e pessoas físicas.