Altea é uma gigante de embalagens para cosméticos. Foto: Pixabay.

O Grupo Albéa é o maior fabricante mundial de embalagens para cosméticos, investiu em impressoras 3D da Stratasys.

Foram adquiridas uma Connex3 Objet260 e uma FDM F170, além de construir um laboratório destinado aos projetos 3D e prototipagem. 

O investimento foi de US$ 100 mil, com estimativa de retorno em 72 meses.

Todo o projeto, estudos, consultoria técnica e de negócios até a aquisição foram realizados em conjunto com a LWT Sistemas, revenda autorizada Stratasys no Brasil.

“Já empregávamos a impressão 3D para prototipagem, mas vimos a necessidade de atualizarmos os nossos processos, trazendo impressoras com maior capacidade técnica e com mais opções de impressão e materiais. Procuramos em todo o mercado novas opções de equipamentos, e a Stratasys foi a que mais se adequou à nossa realidade”, conta Vinicius Damasio, projetista da Albéa.

Com as novas impressoras, a Albéa conseguiu ampliar a gama de materiais trabalhados e o nível de apresentação técnica, principalmente pela aquisição da Connex3 Objet260, que opera com sistema multimaterial e multicolorido. 

Apesar do foco em prototipagem, Damasio conta que a Albéa tem a intenção de substituir algumas peças de produção, que hoje são usinadas, por impressas em 3D na Stratasys F170. 

“No momento, estamos analisando, testando e nos preparando para otimizar nossa operação com o modelo de impressora 3D F170, na qual poderemos imprimir, por exemplo, garras de robôs, berços das máquinas e dispositivos de medição. Estas peças, no momento, são usinadas e possuem custo maior para a nossa operação”,resume Damasio.

O Grupo Albéa é o maior fabricante mundial de embalagens para cosméticos. São 35 fábricas em 13 países, com um faturamento total de US$ 1 bilhão por ano.