IDEALAB reuniu universitários, empresários e alunos da rede municipal em uma maratona de ideias. Foto: Vinícus Thormann/Assessoria de Comunicação Pref. De Canoas.

A parceria entre a SISPRO Software Empresarial e a Universidade La Salle tem rendido bons frutos. A terceira edição do IDEALAB não deixa enganar. A mais recente edição do evento aconteceu no dia 19 de outubro de 2019, na Universidade La Salle, e reuniu cerca de 100 pessoas para potencializar o empreendedorismo social durante todo o dia de sábado.

Nesta edição, o evento teve como propósito conectar acadêmicos, universidades, startups, empresas e a comunidade no geral em uma maratona de ideias imersiva, com o objetivo de gerar soluções inovadoras para causar um impacto social positivo na população. A iniciativa contou com a participação de alguns alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Arthur Pereira de Vargas, de Canoas, membros do projeto Solta a Voz Guria, que fomenta o empoderamento feminino. 

O Head de Inovação da SISPRO, Fernando Batistella, conta que a terceira edição do IDEALAB teve como objetivo “mobilizar, junto com os parceiros, o maior número de pessoas para fomentar a área do empreendedorismo social, porque esse ramo do empreendedorismo ainda não é tão divulgado e nem levado tão a sério como os outros”.

Batistella ainda diz que a diversidade de participantes também fez parte da idealização: “Nós queríamos atingir públicos diversos, por isso a ideia de trazer para dentro de uma universidade (La Salle) alunos do oitavo ano de uma escola pública, são realidades diferentes. Reunir pessoas plurais dentro de um mesmo espaço, discutindo assuntos pertinentes para a sociedade era o que queríamos desde o princípio”. 

No total, foram 17 alunos do oitavo ano e três professores da EMEF Arthur Pereira Vargas participando do evento, além de estudantes e profissionais das mais diversas áreas, totalizando 100 pessoas impactadas. Antes de colocar a mão na massa, os participantes puderam assistir a palestras de cases de sucesso dentro do empreendedorismo social para se inspirarem. A partir daí, eles foram divididos em nove grupos de trabalho, e tiveram como base para desenvolver os projetos seis dos Dezessete Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, que foram: 

- Alcançar à igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas;

- Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos; 

- Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos; 

- Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos; 

- Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis; 

- Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis. 

Por meio de metodologias de ideação e o apoio dos mentores, os nove grupos criaram soluções para diferentes problemas sociais propostos. O resultado de um dia inteiro de trabalho, além das nove ideias diferentes de negócios e soluções sociais, foram as trocas de ideias entre os participantes, além do impacto no ecossistema de inovação de Canoas, trazendo a Sispro como uma empresa totalmente inovadora e engajada no assunto.

Para o grupo ganhador o prêmio foi uma aceleração do negócio proposto em parceria com o núcleo de inovação da Sispro, o SIS. Hub e o programa Inova La Salle