A Secretaria Judiciária do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) contratou o sistema Seal Conecta. Foto: Divulgação.

A Secretaria Judiciária do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) contratou, a partir de licitação, a Seal Telecom para implementar o projeto de modernização do registro das sessões de julgamento do 2º. grau.

“Com a implementação do sistema da SEAL Telecom, conseguimos obter, após publicação do evento, um resumo do que aconteceu em cada sessão, através da indexação, bem como identificar qualquer processo julgado por meio de seu número. A edição do áudio que era feita por vezes em cinco horas, hoje, é realizada em dois minutos”, relata a servidora Ive Alencar.

Antes do Seal Conecta, a organização trabalhava com notas taquigráficas

“Lidávamos com a escassez de mão de obra e a demora na execução das tarefas. O Tribunal Pleno, por exemplo, demorava cerca de três meses para ser transcrito. Agora, conseguimos entregar o pedido em, no máximo, 72 horas. É um grande avanço para o tribunal e para os jurisdicionados baianos, pois agora conseguem assistir ao vivo às sessões de julgamento e ter acesso ao áudio e vídeo, quando quiser”, completa Alencar.

Com integração com todos os bancos de dados e sistemas judiciais eletrônicos, o Seal Conecta conta com oito módulos para ações como distribuição de gravações para acessos restrito, realização de audiência à distância por meio de videoconferências e transcrição automática de áudio para texto.

“O Seal Conecta vem sendo desenvolvido há mais de uma década a fim de facilitar a rotina da justiça. Muito antes do CNJ regulamentar e incentivar a gravação digital de audiências através de áudio e vídeo, já estamos desenvolvendo e implantando sistemas Seal Conecta nos mais importantes tribunais do Brasil e, estes, estão transformando digitalmente a justiça brasileira”, explica Alexandre Novakoski, VP of RTD Solutions for Digital Transformation da Seal Telecom.

O Seal Conecta oferece segurança às gravações, anexando-as a um certificado digital contra violação e permitindo que o armazenamento seja realizado em infraestrutura de armazenamento próprio no local da gravação, em gravação centralizada, em armazenamento na nuvem ou nas três opções simultaneamente.

Para garantir que a solução esteja sempre em operação, a Seal Telecom também disponibiliza suporte, incluindo consultoria de implantação, NOC de monitoramento, atualizações e evoluções contínuas no sistema e manutenções preventivas e corretivas com ação imediata 24x7.

Atualmente, o Seal Conecta está em entidades como Supremo Tribunal Federal (STF), Ministério Público Federal (PGR/MPF), Tribunal Regional Federal da 4º Região (TRF4), Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJSC), Tribunal Regional Federal da 2º Região (TRF2), entre outros.