Companhias assinaram memorando de entendimento para pesquisas. Foto: Agência Petrobras.

A Fiat e a Petrobras assinaram nessa sexta-feira, 31, um termo de colaboração em projetos de P&D de tecnologias e processos inovadores nas áreas de combustíveis e motores. 

As companhias trocarão informações técnicas e realizarão estudos com foco em veículos mais eficientes e com menor emissão de poluentes. 

Na primeira etapa, as empresas planejam identificar objetos de interesse conjunto para a realização de projetos de P&D.

"A Petrobras acumula grande experiência no desenvolvimento de novas tecnologias em combustíveis e, com certeza, tem muito a contribuir com os estudos para as inovações na fonte energética dos motores", afirmou o diretor de Engenharia Powertrain para a América Latina, Paolo Ferrero.

O documento tem validade de cinco anos e pode ser renovado por mais cinco. Uma cláusula de sigilo compõe o acordo a fim de garantir a segurança no compartilhamento de informações confidenciais. 

"Trabalhar em parceria com os fabricantes de veículos é fundamental para que possamos garantir o melhor desempenho dos nossos combustíveis nos motores, com crescente eficiência econômica e ambiental", disse Oscar Chamberlain, gerente geral de P&D em Abastecimento e Biocombustíveis, do Centro de Pesquisas da Petrobras (Cenpes). 

A companhia foi a segunda empresa brasileira que mais investiu em pesquisa e desenvolvimento em 2012 ao aplicar US$ 1,15 bilhão, ficando atrás apenas da Vale que gastou US$ 1,49 bilhão.