Cuidado com esses cabos. Foto: divulgação.

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) está investigando uma denúncia de práticas desleais de concorrência da Oi contra a GVT. Segundo o conselho, a operadora móvel teria cortado cabos de ligação na rede da GVT.

A acusação faz referência a supostas práticas feitas em 2008 e 2009, em redes compartilhadas entre a Oi e a companhia de telefonia fixa para clientes de prédios residenciais.

Na época, a GVT já havia reclamado da Oi quanto aos cortes em sua rede, e a Anatel e a Justiça Federal de Brasília chegaram a emitir decisões cautelares para que a Oi parasse com a prática. A informação é do Valor.

A investigação do Cade também tem outras acusações. A Oi também teria deliberadamente ocasionado lentidão e falhas técnicas no tráfego de dados da GVT. Além disso, funcionários da Oi teriam se passado por clientes pedindo o cancelamento de portabilidades de pessoas que haviam solicitado a migração para a GVT.

E a coisa piora. Outra acusação é de que empregados da Oi ameaçaram instaladores de sistemas de telefonia da GVT em Salvador.

O Cade não deu detalhes sobre o tempo de investigação ou de quando terá um parecer. No entanto, quando finalizado o inquérito, superintendência se posicionará pela punição da Oi ou pelo arquivamento do processo.

Se for culpada, a Oi terá de pagar multa de no mínimo 0,1% de seu faturamento e 20% no máximo, entre outras sanções.