Extreme quer reforçar sua posição no data center. Foto: Pixabay.

A Extreme Networks comprou a linha de negócios de redes para data center da Brocade por US$ 55 milhões.

O negócio foi fechado com a Broadcom, que comprou a Brocade no ano passado por US$ 5,5 bilhões, mas está se desafazendo de alguns pedaços da empresa, como a área Wi Fi Ruckus, vendida para a Arris por US$ 800 milhões.

A empresa também lebrou a Zebra, especialista em LAN wireless, por US$ 55 milhões.

A nova linha de negócios deve agregar US$ 230 milhões em receitas para a Extreme, que projeta fechar o ano fiscal 2018, a ser iniciado em julho, com um faturamento de US$ 1 bilhão.

É quase o dobro dos US$ 528 milhões faturados em 2016.

A Extreme também está na disputa pela linha de redes da Avaya, capaz de agregar outros US$ 200 milhões.