Reitor da UnB, José Geraldo de Sousa Jr. Foto: divulgação.

Com investimento cerca de R$ 3,5 milhões, a Universidade de Brasília (UnB) inaugura na terça-feira, 04, seu novo data center, planejado e construído em modelo sala-cofre pela Aceco TI.

A estrutura foi construída em 180 dias e tem 16 racks, mais dois bastidores, contando com sistema independente de climatização remota com três equipamentos de precisão de 23 kW redundantes, quadros de força plug ing, sistema de monitoração ambiental a laser (Stratos) e de supressão de combustão por FM-200. 

Além disso, o ambiente tem sistema de controle de acesso com biometria digital, rede de CFTV digital com quatro câmeras, cabeamento lógico envolvendo 168 ponto UTP cat6/cat6A e 114 pontos em fibra multímodo/monomodo.

O local irá abrigar informações da UnB, que por sua vez faz parte da rede de dados da Rede Nacional de Pesquisa (RNP), do Ministério de Ciência Tecnologia e Informação, juntamente com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

“As três empresas formam a rede de dados responsável pelo processamento, armazenamento e distribuição de informações de suas redes internas e das pesquisas realizadas por cada uma delas”, explica o reitor da UnB, José Geraldo de Sousa Jr.

Para proteger todo este volume de dados, a sala cofre foi testada e certificada em quesitos diversos, conforme explica o reitor.

“O data center é protegido contra fogo, calor, umidade, gases corrosivos, fumaça, água, roubo, arrombamento, acesso indevido, sabotagem, impacto, pó, explosão, magnetismo e armas de fogo”, comenta Sousa Jr.

Especializada em data centers, a Aceco já construiu mais de 450 estruturas no Brasil e América Latina, estando atualmente envolvida na construção simultânea de 46 data centers, com ritmo de entrega de um a cada cinco dias.

A empresa tem sede em São Paulo e filiais em Brasília, Rio de Janeiro, Interior de São Paulo, Argentina e representantes em toda América Latina, sendo responsável pelo projeto de mais de 85% dos data centers certificados Tier III pelo UpTime Institute na América do Sul.

A lista de clientes Tier inclui Alog, Ativas e T-Systems, entre outros.

No geral, a carteira da Aceco atende a clientes como HP/EDS, O Boticário, Sonda IT, CPFL, Elektro, STF, STJ, BNDES e Banco do Brasil.

Nos últimos dez anos, a empresa cresceu 25 vezes, atingindo vendas de mais de R$ 500 milhões.

Recentemente, recebeu um aporte de valor não revelado do General Atlantic LLC por uma participação minoritária no negócio.