Carlos Katayama. Foto: divulgação.

A Diagnósticos da América (Dasa) contratou o Grupo Binário para terceirizar o os processos de monitoramento, operação e suporte de sua infraestrutura de telecomunicações.

De acordo com os termos do contrato, que vai até 2018, a integradora será encarregada pelo gerenciamento, administração e disponibilidade do ambiente da empresa de medicina diagnóstica, que atende todo o país em suas 500 unidades e 25 laboratórios.

Segundo destacou a Dasa, o processo de terceirização atende três frentes de trabalho. A primeira frente corresponde ao monitoramento da rede de dados e voz com ferramentas NetScout Systems e CA SDM (Service Desk Manager).

O segundo contrato atende a operação à infraestrutura de rede e do data center da plataforma Juniper Networks, com engenheiros dedicados. Já o terceiro contrato contempla a gestão centralizada de todos os dispositivos de rede, com manutenção, suporte e logística para a troca de equipamentos.

Conforme explica o CIO da Dasa, o Grupo Binário é responsável pelos 1,4 mil links (primários e secundários) da Dasa, incluindo todos os links de internet, MPLS (Multiprotocol Label Switching) e DWDM (Dense Wavelength Division Multiplexing).

Os projetos são desempenhados com recursos da integradora atuando dentro do cliente e também por meio do NOC (Network Operations Center) do grupo Binário.

“Nós procurávamos um parceiro que fosse capaz de gerenciar proativamente as telecomunicações, que é crítica por envolver o atendimento da organização e que atua na área de saúde. Todas as informações dos exames, relatórios médicos, o sistema que atende os hospitais, assim como o público que acessa os exames em nosso banco de dados, passam pela nossa rede, que não pode ter latência ou ficar fora do ar”, comenta Katayama.

O contrato da Dasa com o Grupo Binário faz parte de uma série de investimentos que a Dasa vem realizando em sua estrutura de TI. No início do ano, a companhia foi anunciada pela SAP como o terceiro contrato da multinacional alemã para a implementação do ERP S/4 Hana no Brasil.

Atualmente a Dasa possui cerca de 26 marcas diferentes, muitas delas provenientes de aquisições a empresa tem 13 diferentes aplicações de gestão e sistemas legados. A companhia tem um faturamento anual de R$ 3 bilhões e 20 mil funcionários em mais de 500 pontos de atendimento no país.

Além da solução de gestão, a Dasa investiu no SuccessFactors, solução cloud da SAP para a parte de recursos humanos. Segundo afirmou Katayama para o Baguete em maio, a implantação do sistema de RH faz parte da nova estratégia e deve ser implantada ainda no primeiro semestre de 2015.

Fundado em 2005 em São Paulo, o Grupo Binário possui três divisões de negócios: Binário, QoS e BinarioMobile, que atuam, respectivamente, nas áreas de integração, serviços profissionais e mobilidade corporativa.

Com 145 funcionários e cinco filiais, atende os mercados de Service Provider, Enterprise, Governo e Educação.