Tigo contrata serviços da Gemalto. Foto: divulgação.

A Gemalto, fornecedora global de soluções para segurança digital, foi escolhida pela Tigo, operadora móvel colombiana e integrante do grupo Millicom, para fornecer um conjunto de soluções para seus clientes de máquina-a-máquina (M2M) na América Latina.

Começando na Colômbia, os clientes da Tigo usarão os Módulos de Identificação de Máquinas Cinterion (MIMs) e os serviços seguros MIM para melhorar a manutenção preventiva com o monitoramento e gerenciamento remotos dos MIMs em campo.

Segundo a operadora, as soluções melhoram o desempenho das aplicações M2M em diversas verticais, como gerenciamento de frotas, medição inteligente, gerenciamento remoto de ativos, vigilância e alarmes, automotivo e soluções de saúde móvel. O valor do contrato não foi aberto.

Reforçada para operar em ambientes extremos, a plataforma de serviços MIM Cinterion monitora a intensidade do sinal e os eventos de localização baseados na rede, assim como monitora dispositivos e os configura remotamente quando necessário.

"O cartão MIM da Gemalto já está disponível no mercado colombiano para as mais diversas aplicações verticais e isso nos ajudará a garantir um serviço mais estável por um período maior para aplicações comerciais e industriais e ajudará os nossos clientes a reduzir os custos operacionais, evitando possíveis fraudes ou falhas no serviço," disse Santiago Londoño, VP Comercial de B2B da Tigo.

Para Rodrigo Serna, presidente da Gemalto na América Latina, a parceria com a Tigo faz parte do plano de promover a inovação e expandir o mercado de Internet das Coisas, que deverá chegar em 2,1 bilhões de conexões M2M até 2020.

"Com a nossa plataforma, a Tigo poderá oferecer inovadores serviços para soluções M2M, dando-lhes uma clara vantagem competitiva para tudo, desde máquinas de venda automática inteligentes a carros conectados", acrescentou Serna.

A Gemalto encerrou o primeiro semestre deste ano com lucro líquido de € 105,7 milhões, cifra 10% superior aos € 95,8 milhões registrados no mesmo período de 2014.