A Ceagro expandiu o contrato para suporte AMS com a Sonda IT até 2020. Foto: Divulgação.

A Ceagro, trading com armazéns, expandiu o contrato para suporte AMS (Application Management Support) com a Sonda IT até 2020.

O acordo entre as empresas foi iniciado em 2011, com a implementação do ERP da SAP. 

A continuidade da parceria, de acordo com a Ceagro, reflete-se na atuação dos consultores da Sonda IT, que desde o início conseguiram absorver os processos da companhia.

“Os profissionais demonstraram grande competência e comprometimento com as atividades e processos do agronegócio na época da implementação do SAP. Avaliamos outras empresas para o suporte AMS, mas decidimos dar continuidade à parceria pela garantia da manutenção do know how demonstrado”, acrescenta o coordenador de TI da Ceagro, Anderson Gomes.

A Sonda iniciou o suporte com propostas de melhorias e soluções, que foram ajustadas sequencialmente. 

“Obtivemos de forma estruturada todo reporte necessário para dimensionar questões relacionadas aos sistemas e suas prováveis melhorias”, acrescenta Gomes.

O principal item atualmente tratado pela equipe da Sonda IT refere-se à Nota Fiscal Eletrônica, além de atualizações nos sistemas fiscais, que estão sendo realizadas sem custos de projeto e com a utilização do baseline de suporte. 

“No momento atual que estamos passando no Brasil não podemos assumir custos extras. Essa decisão da Sonda propôs o fortalecimento da parceria, além de nos proporcionar reduções significativas nos valores do suporte, mas mantendo a qualidade no serviço”, ressalta o coordenador de TI.

Para Reginaldo Diogo, gerente de relacionamento da Sonda IT, o contrato de AMS vai além do suporte e manutenção a sistemas.

“Temos como intuito não somente fornecer o serviço, mas desenvolver uma aliança de longo prazo com nossos clientes. Para isso, investimos no conhecimento do ambiente da empresa, além de fornecer flexibilidade contratual, atendimento pessoal e controle de processos”, completa.

Fundada no Chile em 1974, a Sonda atua no Brasil desde 1989. Com cinco mil colaboradores e mais de 1,2 mil clientes ativos distribuídos por 26 escritórios locais,, a organização opera através de quatro divisões de negócios: serviços de TI, SAP, plataformas e aplicativos.

Segundo os últimos dados de resultados divulgados pela Sonda IT, a empresa teve em 2013 um faturamento de US$ 1,2 bilhão. Em 2014, a empresa revelou ter fechado de R$ 250 milhões em novos contratos no Brasil.