A Microsoft e a Red Hat expandiram uma aliança para facilitar a adoção de containers. Foto: Divulgação.

A Microsoft e a Red Hat expandiram uma aliança para facilitar a adoção de containers pelas corporações. O acordo inclui suporte nativo para containers Windows Server no Red Hat OpenShift, Red Hat OpenShift Dedicated on Microsoft Azure e SQL Server no Red Hat Enterprise Linux e Red Hat OpenShift. 

O objetivo é simplificar as tecnologias de container para impulsionar a cloud híbrida.

“Junto com a Microsoft, a Red Hat está abrindo caminho para que as organizações façam escolhas tecnológicas que lhes interessem, desde cargas de trabalho containerizadas a serviços de cloud pública, sem complexidade”, explica Matthew Hicks, vice-presidente de engenharia de software, OpenShift e gestão da Red Hat.

A Microsoft e a Red Hat estenderão o suporte integrado e co-localizado para disponibilizar as novas ofertas entre as plataformas.

Enquanto as empresas veem o benefício de usar aplicações containerizadas para operar suas cargas de trabalho de missão crítica, a maioria das organizações de TI não é padronizada com uma única infraestrutura. 

Os ambientes heterogêneos frequentemente contêm plataformas e aplicações Windows e Linux, dificultando a modernização e a escalabilidade das operações corporativas.

A parceria entre a Red Hat e a Microsoft simplifica esses desafios, uma vez que os containers do Windows Servers terão suporte nativo do Red Hat OpenShift, uma plataforma de aplicações de container baseada em kubernetes e líder no setor corporativo. 

Já as aplicações nativas em nuvem e as plataformas de container que as alimentam são componentes essenciais à transformação digital, mas gerenciar a infraestrutura para estas tecnologias pode ser complexo e demorado. 

Com isso, as empresas vão oferecer o Red Hat OpenShift Dedicated on Azure. O Red Hat OpenShift Dedicated é uma plataforma de container oferecida como um serviço em nuvem e administrada pela Red Hat. O serviço deve estar disponível no Azure no início de 2018.

Red Hat e Microsoft também planejam colaborar na entrega de padrões de performance corporativa e suporte integrado para cargas de trabalho do Red Hat Enterprise Linux operando no Microsoft Azure Stack.

“A Microsoft e a Red Hat estão alinhadas no compromisso de trazer aos clientes corporativos as soluções de cloud híbrida que eles precisam para modernizarem seus negócios, ao passo que fazem a transição para operar em um mundo nativo em cloud”, revela John Gossman, arquiteto chefe da Azure.

Com o uso crescente dos containers pelos consumidores, a Red Hat e a Microsoft estão comprometidas em ajudar os clientes a aproveitarem a inovação proporcionada pelo open source. Assim, a Red Hat acaba de anunciar disponibilidade do .NET Core 2.0 como container do OpenShift. Nos próximos meses, as empresas planejam o SQL Server do Linux para o Red Hat Enterprise Linux e Red Hat OpenShift.